7ª Reunião Técnica Protef
Doenças em Viveiros Florestais e Novas Pragas do Eucalipto
(Inscrições Encerradas - Maiores informações pelos telefones (19) 2105-8602/8603)

A recente ocorrência de bacteriose em viveiros de eucalipto têm preocupado o setor florestal e novas técnicas de diagnose por marcadores moleculares e cuidados na produção de mudas podem auxiliar o manejo dessa doença nos viveiros. Quantos às pragas florestais, o psilídeo-de-concha tem causado sérios danos aos plantios de eucalipto de SP e MG, mas os resultados do projeto cooperativo tem demonstrado a viabilidade do controle biológico. Além dessa praga, novos insetos tem preocupado os produtores florestais.

Coordenação
Carlos F. Wilcken – FCA/UNESP – Campus de Botucatu
Edson Luiz Furtado – FCA/UNESP – Campus de Botucatu

Organização
Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais – IPEF

Promoção
Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais – IPEF

Apoio
Departamento de Ciências Florestais da ESALQ/USP

Data
De 30 de novembro a 02 de dezembro de 2005

Local
Departamento de Ciências Florestais – ESALQ/USP, Piracicaba, SP.

Objetivos
Trazer ao público especializado as novas tecnologias em programas de manejo integrado e informar sobre ocorrência de novas pragas e doenças florestais.

Público Alvo
Engenheiros florestais, agrônomos, biólogos, técnicos florestais e agrícolas, professores e pesquisadores.

Programação Detalhada
Horário Atividade
Dia 30 de novembro de 2005 - Quarta-Feira
08:00 – 08:15

Inscrições

08:15 – 08:25

Abertura.
Carlos Frederico Wilcken, FCA-UNESP/Botucatu.

08:25 – 08:45

Apresentação institucional do IPEF.
Eng. Ftal Paulo H. Muller da Silva, IPEF.
08:45 – 10:30 Prevenção e Manejo de doenças bacterianas em viveiros de mudas cítricas.
Dr. Silvio Lopes - FUNDECITRUS.

10:30 – 10:45

Intervalo e café

10:45 – 12:00 Diagnose de doenças pelo uso de marcadores moleculares
Prof. Dr. Celso L. Marino, IB/UNESP – Campus de Botucatu.

12:00 – 13:30

Almoço

13:30 – 14:15 Relato das empresas sobre ocorrência e manejo de doenças e pragas florestais (campo e viveiro).
Representantes de empresas florestais
14:15 – 16:15

Variabilidade e Raças de fitopatógenos.
Prof. Dr. Edson L. Furtado, FCA/UNESP – Botucatu.

16:15 – 16:30

Intervalo e café

16:30 – 17:30 Interação Nutrição de Plantas e incidência de pragas e doenças em eucalipto.
A definir.
17:30 – 18:00 Debate
18:00 Encerramento do 1º dia
Dia 01 de dezembro de 2005 - Quinta-feira
Mesa Redonda: "Psilídeo-de-concha: Monitoramento e Controle Biológico"

08:00 – 09:00

Monitoramento do psilídeo-de-concha e de seus inimigos naturais em florestas de eucalipto no período de 2004/2005.
Prof. Dr. Carlos F. Wilcken, FCA/UNESP – Botucatu.

09:00 – 10:00

Controle Biológico do psilídeo-de-concha: avaliação do parasitismo de P. bliteus pós-liberações.
Prof. Dr. Carlos F. Wilcken, FCA/UNESP – Botucatu.

10:00 – 10:15

Intervalo e café

10:15 – 11:00

Monitoramento do psilídeo de concha e de seus inimigos naturais: relação entre infestação nas folhas e o cartão adesivo amarelo.
Eng. Ftal. Pedro J. Ferreira Filho, PPG-Proteção de Plantas – FCA/UNESP – Botucatu.
11:00 – 12:00 Variabilidade genética do psilídeo-de-concha e do parasitóide P. bliteus.
Prof. Dr. Celso Marino, IB/UNESP – Botucatu.
12:00 – 14:00 Almoço

14:00 – 15:00

Biologia do besouro desfolhador do eucalipto Metallactus sp.
Prof. Dr. Evoneo Berti Filho, ESALQ/USP.

15:00 – 16:00

Insetos associados ao eucalipto na Austrália: possíveis pragas quarentenárias para o Brasil.
Prof. Dr. Carlos F. Wilcken,FCA/UNESP – Botucatu.

16:00 – 16:15

Intervalo e café

16:15 – 17:00

Biologia do gorgulho do eucalipto Gonipterus scutelatus em diferentes espéceis de eucalipto e em diferentes temperaturas.
Eng. Agr. Nádia C. de Oliveira, PPG-Proteção de Plantas – FCA/UNESP – Botucatu.
17:00 – 17:30 Eficiência do fungo entomopatogênico Beauveria bassiana no controle do gorgulho do eucalipto em condições de laboratório.
Eng. Ftal. Eduardo Brasil do Couto, PPG-Proteção de Plantas – FCA/UNESP – Botucatu.
17:30 – 17:45 Debate
17:45 Encerramento do 1º dia
Dia 02 de dezembro de 2005 - Sexta-feira
Dia de Campo: Itapetininga, SP.
07:00 Saída da ESALQ

07:00 – 09:00

Deslocamento até Itapetininga
09:00 – 11:30 Visita ao viveiro certificado de mudas cítricas – Citrovita
11:30 – 13:30 Almoço

13:30 – 15:30

Visita a biofábrica de agentes microbianos para controle de pragas e doenças – Itaforte Bioprodutos

15:30

Encerramento do evento
15:30 – 17:30

Retorno a Piracicaba




Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.