Programa de Melhoramento Florestal promove estágio de férias
14/08/2013

O Programa Coorporativo de Melhoramento Florestal (PCMF) abriu no mês de julho o seu 1º ciclo de estágio de férias, onde três alunos de diferentes instituições de ensino tiveram a oportunidade de aperfeiçoar seus conhecimentos. Lucas Rachid, Caren Mendonça (ambos da UNESP de Botucatu) e Mayte Sampaio (PUC/PR), foram os selecionados para este ano e desenvolveram atividades ligadas a experimentos, enxertia, mensuração em campo, análise genética, beneficiamento de pólen, entre outros.

A área de melhoramento florestal é uma das principais linhas de atuação do Instituto desde sua fundação em abril de 1968. Atualmente este programa do IPEF tem como meta e objetivo compor um acervo de materiais genéticos possibilitando a conservação ex situ, a manutenção, a ampliação e disponibilização de materiais genéticos, e também atua como elo entre as instituições, desenvolvendo pesquisas interligadas as universidades e instituições privadas.

Todo o período de estagio no IPEF me fez crescer tanto profissionalmente quanto pessoalmente, foi um grande passo, uma etapa de grande importância na minha vida”, declara Caren Mendonça, estudante de engenharia florestal.

Outra oportunidade fornecida pelo PCMF foi a possibilidade de Gabriela Brigatti Chaves, que já é estagiária do programa, de assistir às aulas da disciplina “Domesticação, Conservação e Melhoramento Genético de Espécies Florestais I” da pós-graduação da UNESP em Ilha Solteira, ministrada pelo Prof. Mario Luiz Teixeira de Moraes. A matéria abordou desde os princípios básicos da experimentação até a interpretação dos resultados obtidos a partir do software genético-estatístico Selegen, com base em dados coletados em campo. “A experiência foi de grande valia por aprofundar os conhecimentos em melhoramento genético, interagir com professores e profissionais da área, e por despertar o interesse em dar continuidade aos meus estudos”, comenta a acadêmica.

No ultimo dia deste estágio de férias, foi realizado um ciclo de palestras onde cada estagiário apresentou as atividades desenvolvidas neste período. Gabriela Chaves e Flávia Camila Maia (estudante de biologia da UNIMEP), também passaram por esta etapa, apresentando seus resultados para a orientadora Aline Cristina Miranda (coordenadora do PCMF), junto aos demais colegas. Aline destaca que “o estágio permite aos alunos o complemento educacional e a prática profissional, propicia o desenvolvimento de habilidades e competência técnica para os alunos e também ao coordenador, que avalia diferentes perfis de pessoas, assim proporcionando crescimento profissional e pessoal. Além de ser um importante instrumento de integração entre universidades”.


Aline e estagiários do Programa

Temas Relacionados: PCMF, Estágio




Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.