Seminário “Espécies Exóticas Invasoras” abrange as alternativas de manejo para processos de invasão biológica
13/07/2011

Organizado pelo Programa Cooperativo de Silvicultura de Nativas (PCSN), foi realizado no anfiteatro do pavilhão da engenharia rural da Esalq/USP no dia 02 de junho o Seminário “Espécies Exóticas Invasoras: Políticas Públicas e Manejo”, com o objetivo de apresentar e discutir conceitos e alternativas de manejo para processos de invasão biológica no contexto de conservação de ecossistemas.

No plano de trabalho do PCSN foi previsto atuar no controle de espécies exóticas invasoras para a conservação ambiental. Diante disso foi estabelecida a parceria entre o IPEF e o Instituto Hórus, que possui o trabalho junto ao IBAMA e ao IAP na publicação da portaria que trata do uso emergencial de herbicidas em áreas não agrícolas. O conhecimento deste processo bem como dos próximos passos é fundamental para a melhoria dos trabalhos de restauração e conservação em ambientes naturais.

O evento contou com a presença da equipe técnica de empresas florestais; auditores do setor florestal; equipe técnica de órgãos municipais, estaduais e federais de meio ambiente; Ministério Público; técnicos de meio ambiente; pesquisadores, acadêmicos dos cursos de biologia, engenharia florestal, engenharia ambiental e agronomia.

Segundo José Maia, da Duratex, “o evento foi muito oportuno, colocando um tema relevante para o manejo de plantações florestais com espécies exóticas. Foi muito produtivo o contato entre os técnicos das empresas com os técnicos da esfera governamental. Pode-se compreender a visão de diferentes especialistas sobre os critérios em discussão acerca da significância ambiental da invasividade de cada espécie introduzida, um passo importantíssimo para regulamentação e definição de estratégias de gestão que contemplem as faces ambiental, social e econômica da proteção dos ecossistemas”. Sobre este tema foi apresentada no evento a proposta de política publica do estado de São Paulo, ainda em discussão, através da palestra de Cristina Azevedo, da Secretaria de Meio Ambiente do estado.

Para Carolina Bozetti Rodrigues, do Programa de Monitoramento e Modelagem de Bacias Hidrográficas (PROMAB), “a estrutura, os palestrantes e o conteúdo das apresentações permitiram aos participantes do evento o entendimento de uma série de conceitos relacionados ao tema e que, até então, não estavam muito claros e geravam uma série de polêmicas e dúvidas”.

Sobre o PCSN

Com o objetivo de buscar a interação entre empresas e entre instituições, facilitando a troca, consolidação e sistematização das informações já existentes, racionalizando os esforços de pesquisa e buscando maior integração entre empresas e a sociedade, o Programa Cooperativo de Silvicultura e Manejo (PCSN) iniciou suas atividades em abril de 2010 visando disponibilizar informações técnicas e científicas para os diferentes setores e participar, de maneira estruturada, das discussões para o aperfeiçoamento legal. Mais informações sobre o PCSN em http://www.ipef.br/pcsn


Participantes do Seminário

Temas Relacionados: PCSN, Silvicultura, Nativas, Seminário, Espécies Exóticas




Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.