Circular Técnica IPEF, n. 210
p.01-14, junho de 2017

Comparação entre métodos de diagnóstico de árvores em vias públicas

Comparison between diagnostic methods of tree in public roads

Mauro Angelo Soave Junior1
Bruna Lara Arantes1
Rafaela Novaes Abreu2
Gustavo Torquatro Oliva1
Jefferson Lordello Polizel3
Demóstenes Ferreira Silva Filho4

1Mestre em Recursos Florestais. USP – Universidade de São Paulo / ESALQ – Escola Superior de Agronomia “Luiz de Queiroz”. Av. Padua Dias, 11 – 13418-900 – Piracicaba, SP, Brasil. E-mail: blarantes@usp.br; gustavo.oliva@usp.br
2Mestranda em Recursos Florestais. USP – Universidade de São Paulo / ESALQ – Escola Superior de Agronomia “Luiz de Queiroz”. Av. Padua Dias, 11 – 13418-900 – Piracicaba, SP, Brasil. E-mail: rafabreu@usp.br.
3Técnico em Informática. USP – Universidade de São Paulo / ESALQ – Escola Superior de Agronomia “Luiz de Queiroz”. Av. Padua Dias, 11 – 13418-900 – Piracicaba, SP, Brasil. E-mail: jlpolize@usp.br.
4Livre Docente do Departamento de Ciências Florestais. USP – Universidade de São Paulo / ESALQ – Escola Superior de Agronomia “Luiz de Queiroz”. Av. Padua Dias, 11 – 13418-900 – Piracicaba, SP, Brasil. E-mail: dfilho@usp.br.

Resumo

O presente estudo comparou cinco métodos de diagnóstico da floresta urbana diferenciados, principalmente, pela tecnologia de registro de dados: Clássico: com uso de papel e caneta; Foto: com mensuração de fotografias em software ImageTool; Tablet e Tablet 2: com uso de tablets de tecnologias diferentes e Personal Digital Assistant (PDA): com uso de um iPAQ. Os resultados apontaram que existe diferença estatística no tempo de realização do inventário de acordo com a tecnologia empregada. O método Foto é o mais econômico dos cinco. A comparação de biometria por teste de Wilcoxon aponta que os valores obtidos por todos os métodos são equivalentes estatisticamente. Foi realizado também um experimento de validação do método Foto onde se investigou a influência da distância de tomada da foto nos valores mensurados, no qual se obteve os resultados de que existe essa influência, mas ela não é significativa, sendo a mensuração por foto tão confiável quanto a mensuração por vertex.
Palavras-chave: Arborização viária; Inventário; Metodologia; Tecnologia.

Abstract

This study compared five urban forest diagnosis methods mainly differentiated by data collection technology: Classic: using pen and paper, Photo: with pictures measurement in software ImageTool, Tablet and Tablet 2: using different tablet technology and Personal Digital Assistant (PDA) with use of an iPAQ. The results showed that there is statistical difference in the time of completion of the inventory according to the technology employed. Photo method is the fastest and the cheapest of 5. The biometric comparison by Wilcoxon shows that the values obtained by all methods are statistically equivalent. An experiment was also performed to validate the method Photo and investigated the influence of photo distance in measured values, where the results show that there is influence, but it is not significant and the measurement by photo as reliable as measurement per Vertex.
Keywords: Street Trees; Inventory; Methodology; Technology.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.