Scientia Forestalis, volume 42, n. 103
p.329-335, setembro de 2014

Utilização da madeira de Pterocarpus violaceus na produção de painéis aglomerados

Utilization of Pterocarpus violaceus wood in the particleboard production

Camila Laís Farrapo1
Rafael Farinassi Mendes2
José Benedito Guimarães Júnior3
Lourival Marin Mendes4

1Engenheira Florestal. UFLA - Universidade Federal de Lavras. Caixa  Postal 3037 - 37200-000, Lavras, MG. E-mail: camilafarrapo@hotmail.com.
2Professor Doutor do Departamento de Engenharia. UFLA - Universidade Federal de Lavras. Caixa Postal 3037 - 37200-000 Lavras, MG. E-mail: rafaelfarinassi@gmail.com
3Professor do departamento de Ciência e Tecnologia da Madeira. UFG – Universidade Federal de Goiás – Campus de Jataí  – BR 364, km 192, n. 3800 - 75801-615 -Parque Industrial, Jataí,  GO. E-mail: jbguimaraesjr@hotmail.com
4Professor do Departamento de Ciências Florestais. UFLA - Universidade Federal de Lavra. Caixa Postal 3037 - 37200-000 Lavras, MG.  E-mail: lourival@dcf.ufla.br

Recebido em 14/11/2013 - Aceito para publicação em 25/03/2014

Resumo

Para atender a crescente demanda de madeira pela indústria de painéis é necessário, além de aumentar a área plantada, buscar outras espécies de rápido crescimento que possam contribuir para o desenvolvimento e geração de novos produtos.  Nesse contexto, o objetivo do trabalho foi avaliar o potencial de utilização da madeira de Pterocarpus violaceus para a produção de painéis aglomerados. O delineamento experimental se constituiu de cinco tratamentos. As percentagens da madeira de Pterocarpus violaceus foram de 0, 10, 20, 30 e 40% associados à madeira de Pinus oocarpa. Para cada tratamento, foram produzidos três painéis com densidade nominal de 0,65 g/cm³, 8% de adesivo uréia-formaldeído e com ciclo de prensagem de 40kgf/cm² de pressão, 160ºC de temperatura e tempo de 8 minutos. A substituição da madeira de Pinus oocarpa pela madeira de Pterocarpus violaceus, na manufatura de painéis aglomerados, não proporcionou efeito significativo nas propriedades físicas e mecânicas. Sendo assim, a utilização de partículas de madeira de Pterocarpus violaceus, em até 40% de substituição do Pinus oocarpa para produção de painéis aglomerados, se mostrou viável tecnicamente.
Palavras-chave: aglomerados, Pinus oocarpa, Pterocarpus violaceus.

Abstract

In order to meet the growing demand for wood-based panel industry it is necessary, in addition to increase the planted area, search for other fast growing species that may contribute to the development and generation of new products. In this context, the aim of this study was to evaluate the potential use of Pterocarpus violaceus wood for particleboard manufacturing. The experiment consisted of five treatments. The percentages Pterocarpus violaceus wood were 0, 10, 20, 30 and 40% associated with Pinus oocarpa wood. For each treatment, three panels were produced with nominal density of 0.65 g / cm ³, 8% urea-formaldehyde adhesive and pressing cycle of 40kgf/cm ² pressure, 160 °C of temperature and time of 8 minutes. The replacement of Pinus oocarpa wood by Pterocarpus violaceus wood provided no significant effect on the physical and mechanical properties. The use of Pterocarpus violaceus wood, replacing up to 40% Pinus oocarpa for the production of particleboard, proved technically feasible.
Keywords: particleboard, Pinus oocarpa, Pterocarpus violaceus.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.