Scientia Forestalis, volume 45, n. 113
março de 2017
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v45n113.03

Avaliação econômica não determinística pelo método de Monte Carlo de plantios de Eucalyptus spp. para a produção de celulose no sudoeste paulista

A non-deterministic economic evaluation using the Monte Carlo method for Eucalyptus spp. plantation aiming at pulp production in Southwestern São Paulo State, Brazil

Luciana Ruggiero González1
Eric Bastos Gorgens2
Luiz Carlos Estraviz Rodriguez3

1Doutora em Engenharia Florestal. USP – Universidade de São Paulo / ESALQ – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Av. Pádua Dias, 11 – 13.418-900 – Piracicaba, SP, Brasil. E-mail: luciana.ruggiero@yahoo.com.br
2Professor Doutor do Departamento de Engenharia Florestal. UFVJM - Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha e Mucuri. Campus JK - Rodovia MGT 367 - Km 583, 5000 - 39100000 - Diamantina, MG, Brasil. E-mail: e.gorgens@gmail.com
3Professor Associado do Departamento de Ciências Florestais. USP – Universidade de São Paulo / ESALQ – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Av. Pádua Dias, 11 – 13.418-900 – Piracicaba, SP, Brasil. E-mail: lcer@usp.br

Recebido em 03/09/2015 - Aceito para publicação em 01/07/2016

Resumo

Este trabalho avaliou economicamente plantios de clones do híbrido entre Eucalyptus grandis x E. urophylla manejados para a produção de celulose em espaçamento 3 x 2 m na região sudoeste paulista. Foram coletados dados sobre as operações de implantação e manutenção da cultura do eucalipto praticadas na região de Itapetininga, estado de São Paulo, a partir da base de dados de uma empresa prestadora de serviços. Determinaram-se as distribuições de probabilidade e os respectivos parâmetros dos rendimentos operacionais. O método Monte Carlo foi usado para simular valores de rendimentos, a partir da respectiva distribuição de probabilidade, e avaliar o risco com base nos indicadores financeiros: valor presente líquido (8% a.a.) e taxa interna de retorno. A monocultura de eucalipto para a produção de celulose mostrou-se viável na região sudoeste paulista e apresenta baixo risco, tanto para um cenário de alta mecanização quanto para um cenário de baixa mecanização. Os valores presentes líquidos resultaram positivos, correspondendo a R$ 2.398,78/ha e R$ 2.437,45/ha, para a produção mecanizada e mão-de-obra intensiva, respectivamente. A taxa interna de retorno média foi superior à taxa de desconto considerada no estudo, atingindo 15,58 % a.a. e 15,97 % a.a., respectivamente. A análise de sensibilidade para o preço do metro cúbico da madeira mostrou as reduções que criaram situações de risco em que 5% das simulações resultaram em VPL negativos ou taxas internas de retorno médias inferiores à 8 % a.a.
Palavras-chave: Eucalyptus; rentabilidade; Monte Carlo; análise de sensibilidade; risco; avaliação econômica.

Abstract

This study presents a non-deterministic evaluation of clonal Eucalyptus grandis x E. urophylla plantations spaced on a 3 x 2 m grid and managed for pulp production in the Southwest of the State of São Paulo. A local company that operates as a forest services provider in the Municipality of Itapetininga, SP, provided data of local planting and annual maintenance costs. Probability distributions were adjusted from the data to express the variability of a group of important operational performance parameters. A Monte Carlo approach was used to simulate operational performance base on the adjusted distribution functions. Risk could be expressed as a variation observed in the values of the discounted cash flow formulas calculated to evaluate the net present value (NPV) and the internal rate of return (IRR). The simulation confirmed the economic viability of single cultivation of eucalyptus for pulp production in the area, showing low risk in both highly mechanized and labor intensive scenarios. Mean net present values were positive for an 8% annual interest rate, R$ 2,398.78 per hectare and R$ 2,437.45 per hectare, respectively. The mean internal rate of return reached 15.58% and 15.97% per year, respectively. The sensitivity analysis for the price of a cubic meter of wood resulted in a scenario to create situations of risk where 5% of the observations returned negative NPV and average internal rates of return lower than the 8% pa.
Keywords: Eucalyptus; return; Monte Carlo; sensitivity analysis; risk analysis, cost-benefit analysis.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.