Scientia Forestalis, volume 41, n. 99
p.319-330, setembro de 2013

Modelagem da sobrevivência, mortalidade e recrutamento de uma floresta na Amazônia Central

Modeling of survival, mortality and recruitment of a forest in Central Amazon

Rodrigo Geroni Mendes Nascimento1
Sebastião do Amaral Machado2
Afonso Figueiredo Filho2
Niro Higuchi3

1Doutorando em Engenharia Florestal, UFPR – Universidade Federal do Paraná, Programa de Pos Graduação em Engenharia Florestal. Av. Pref. Lothário Meissner, 632. Jardim Botânico, Curitiba, PR. CEP: 80210-170 - Bolsista CNPq – e-mail: geronimendes@gmail.com.
2Professor Sênior, UFPR – Universidade Federal do Paraná, Programa de Pos Graduação em Engenharia Florestal. Av. Pref. Lothário Meissner, 632. Jardim Botânico, Curitiba, PR. CEP: 80210-170. Pesquisador 1A e 1C do CNPq, e-mail: samachado@ufpr.br, afig@ufpr.br.
3Pesquisador Ph D. INPA - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Departamento de Silvicultura Tropical. Av. André Araújo, 2936 Petrópolis, Manaus, AM, CEP: 69060-001 - Caixa-Postal: 478. Pesquisador 1A do CNPq, e-mail: niro@inpa.gov.br.

Recebido em 08/02/2013 - Aceito para publicação em 23/05/2013

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi testar e selecionar modelos para a descrição da sobrevivência, recrutamento e mortalidade para todas as espécies e para o grupo das pioneiras presentes em uma Floresta Tropical Úmida na Amazônia Central. A área de estudo está situada na Estação Experimental de Silvicultura Tropical, distante aproximadamente 90 km do centro urbano de Manaus - AM. Os dados são provenientes de 12 parcelas permanentes de 1 ha, com medições anuais de todos os indivíduos com DAP maiores ou igual a 10 cm entre os anos de 1990 e 2008. Foram usadas funções probabilísticas e de crescimento biológico adaptadas para modelar o recrutamento e mortalidade acumulada bem como a sobrevivência corrente por unidade de área, tanto para o grupo das pioneiras quanto para todas as espécies da floresta. Os critérios estatísticos de ajuste, Índice de Schlaegel, erro padrão da estimativa e análise gráfica dos resíduos, indicaram: i) a função densidade de probabilidade Weibull como a mais apropriada para modelar o recrutamento acumulado do grupo pioneiras e do total das espécies; ii) os modelos de Sloboda e Weibull na modelagem da mortalidade das pioneiras e do total, e; iii) as funções Logística e Levakovik I na modelagem da sobrevivência das pioneiras e do total por hectare.
Palavras-chave: Ingresso; funções densidade de probabilidade; Floresta Tropical.

Abstract

The objective of this research was to test and to select models for description of survival, ingrowth and mortality of all species and for group of pioneer species present in a tropical rainforest in center of the Amazon. The study area is located in the Tropical Forest Experiment Station, 90 km far from the urban center of Manaus – AM, Brazil. The data came from 12 permanent 1 ha plots with annual measurements of all individuals with a DBH equal or greater than 10 cm, between years 1990 and 2008. Probabilistic and biological growth functions adapted for modeling cumulative recruitment and mortality were used, as well as current survival per unit of area for all species; and for pioneer species of the forest. The statistical criteria of fitting the Schlaegel Index, standard error of estimate and graphical analysis of residuals, indicate that: i) the pdf of the Weibull model as being the most appropriate function for modeling the cumulative recruitment of the group of pioneers and the total of species; ii) Sloboda and Weibull models in modeling the cumulative mortality of the group of pioneers and the total of species; iii) Logistic and Levakovik I functions to model the survival of the group of pioneers and the total of species per hectare.
Keywords: Ingrowth; probabilistic density functions; tropical rainforest.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.