Scientia Forestalis, volume 46, n. 119
setembro de 2018
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v46n119.04

Stable marker-trait associations for growth across different ages in Eucalyptus cladocalyx through the use of microsatellites

Associações genéticas do crescimento de Eucalyptus cladocalyx usando marcadores microssatélites, evidenciam estabilidade a diferentes idades

Carlos Maldonado1
Rodrigo Ivan Contreras-Soto2
Ismael Fernando Schegoscheski Gerhardt3
Antônio Teixeira do Amaral Júnior4
Freddy Mora5

1Doctoral Student. UTAL - Universidad de Talca. Instituto de Ciencias Biológicas. 2 Norte 685 - Talca, Chile. E-mail: cmaldo1782@gmail.com.
2Assistent Professor. UOH - Universidad de O'Higgins. Instituto de Ciencias Agronómicas y Veterinarias. Av. Libertador Bernardo O'Higgins 611 - Rancagua, Chile. E-mail: contrerasudec@gmail.com.
3Doctoral Student. UENF – Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.  Alberto Lamego avenue - Parque Califórnia - 28013602 - Campos dos Goytacazes, RJ, Brasil. E-mail: ismael-fernando@hotmail.com.
4Associate Professor. UENF – Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro.  Alberto Lamego avenue - Parque Califórnia - 28013602 - Campos dos Goytacazes, RJ, Brasil. E-mail: amaraluenf@gmail.com.
5Doctor in Forestry Engineer. Universidad de Talca. Biology Science institute, 2 Norte 685. Talca, Chile. E-mail: morapoblete@gmail.com.

Recebido em 31/03/2017 - Aceito em 09/01/2018

Resumo

A estabilidade de loci de características quantitativas em diferentes idades é de particular interesse nos programas de melhoramento de árvores. O objetivo deste trabalho foi identificar associações genéticas para o crescimento, em 47 famílias de meios-irmãos de Eucalyptus cladocalyx, medido em diferentes idades, usando marcadores microssatélites. A altura total da árvore (H) foi medida aos 3, 9, 10 e 13 anos (H03, H09, H10 e H13, respectivamente), enquanto o diâmetro à altura do peito (DBH) foi medido aos 9, 10 e 13 anos (DBH09, DBH10 e DBH13, respectivamente). Baseado nas análises de modelos mistos (REML/BLUP), os caráteres de crescimento apresentaram herdabilidade moderada variando de = 0,15 a = 0,29 para H, e de = 0,16 a = 0,22 para o DBH. O marcador EMBRA208 foi estatisticamente consistente em todas as idades avaliadas para altura, e os marcadores EMBRA191, EMBRA208 e EMBRA32 para o DBH, sugerindo uma alta estabilidade das associações nas diferentes idades avaliadas. Esses resultados têm implicações práticas importantes para a seleção assistida por marcadores.
Palavras-chave: marcadores EMBRA, condições áridas, amplificações de espécies cruzadas.

Abstract

Stability of quantitative trait loci (QTL) across different ages is of particular interest in tree breeding programs. This study aimed to identify stable marker-trait associations for growth in 47 half-sib families of Eucalyptus cladocalyx across different ages using microsatellite markers. Total tree height (H) was measured at ages 3, 9, 10 and 13 years (H03, H09, H10 and H13, respectively), while diameter at breast height (DBH) was measured at ages 9, 10 and 13 years (DBH09, DBH10 and DBH13, respectively). Based on a mixed modeling approach (REML/BLUP), growth traits were found to be moderately heritable ranging from = = 0.15 to = 0.29 for H, and from = 0.16 to = 0.22 for DBH. The marker EMBRA208 was statistically consistent at all ages studied for tree height, and the markers EMBRA191, EMBRA208 and EMBRA32 for DBH, indicating high stability across different ages of E. cladocalyx. These results have important practical implications for marker-assisted selection.
Keywords: EMBRA markers, arid conditions, cross-species amplification, mixed models.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.