Scientia Forestalis, volume 40, n. 96
p.473-481, dezembro de 2012

Efeito do carregamento cíclico sobre as propriedades de flexão e ultrassom em madeiras de quatro espécies florestais

Effect of cycling loading on the bending and ultrasound properties of four wood species

Layse E. S. Guimarães1
Angela P. Bussinguer2
Cláudio H.S. Del Menezzi3
Milton L. Siqueira4
Mário R. Souza5

1Engenheira Florestal, Departamento de Engenharia Florestal, Faculdade de Tecnologia, UNB - Universidade de Brasília, CP. 04357, 70904-970, Brasília, DF. E-mail: layse_ennes@hotmail.com.
2Engenheira Florestal, Mestranda em Ciências Florestais, Departamento de Engenharia Florestal, Faculdade de Tecnologia, UNB - Universidade de Brasília, CP. 04357, 70904-970, Brasília, DF. E-mail: angelabussinguer@gmail.com.
3Professor Adjunto, Departamento de Engenharia Florestal, Faculdade de Tecnologia, UNB - Universidade de Brasília, CP. 04357, 70904-970, Brasília, DF. E-mail: cmenezzi@unb.br.
4Professor Adjunto, Departamento de Engenharia Mecânica, Faculdade de Tecnologia, Universidade de Brasília, 70919-970, Brasília, DF. E-mail: milton@unb.br.
5Analista Ambiental, PhD, Laboratório de Produtos Florestais, Serviço Florestal Brasileiro, 70818-900, Brasília, DF. E-mail: mario.souza@florestal.gov.br.

Recebido em 11/05/2012 - Aceito para publicação em 11/09/2012

Resumo

O objetivo desse estudo foi avaliar o efeito do carregamento cíclico em madeiras de quatro espécies florestais (Dipteryx odorata, Pouteria guianensis, Cedrelinga catenaeformis e Tectona grandis) sobre as propriedades mecânicas em flexão estática, velocidade de propagação da onda na peça e sua constante elástica. Foram submetidas a carregamentos de 40.000 e 100.000 ciclos, a uma frequência de 0,4 Hz e carga em flexão a 40% do módulo de ruptura (fM). Antes e após os carregamentos foi realizada a leitura do tempo de propagação da onda de ultrassom para obter a velocidade e a constante elástica das amostras. O efeito do número de ciclos foi comparado por ANOVA, seguida pelo teste de Tukey (α = 0,05). Os valores médios de fM e EM foram estatisticamente iguais entre os ciclos, exceto o EM de C. catenaeformis, justificado pelas variáveis usadas, que foram relativamente baixas. Valores da velocidade de propagação da onda e da constante elástica foram ligeiramente superiores conforme o aumento do número de ciclos. O aumento da constante elástica para D. odorata foi de aproximadamente 4 e 7% nos ciclos de 40.000 e 100.000, respectivamente. Para Pouteria guianensis o aumento da constante elástica foi de aproximadamente 7 e 8% nos ciclos 40.000 e 100.000, respectivamente. Já para C. catenaeformis o aumento da constante elástica foi entre 3 e 7% e para T. grandis o aumento ficou entre 7 e 8%, nos ciclos de 40.000 e 100.000, respectivamente.
Palavras-chave: qualidade da madeira, Dipteryx odorata, Pouteria guianensis, Cedrelinga catenaeformis, Tectona grandis, ondas ultrassonoras.

Abstract

The main goal of the present study was to evaluate the effect of cyclic loading on the mechanical properties in static bending, wave speed propagation and elastic constant in pieces of four woody species: two high density species, Dipteryx odorata and Pouteria guianensis, and two of low density, Cedrelinga catenaeformis e Tectona grandis. The species were subjected to loads of 40.000 and 100.000 cycles, with 40% of the rupture modulus fM applied in bending, at a frequency of 0.4 Hz. In order to obtain the speed of wave propagation and the elastic constants of the samples, ultrasound equipment was utilized before and after the loadings. The results of the cyclic loading were compared by ANOVA analysis, followed by Tukey test (α=0,05). The average values of fM and EM were statistically the same for the cycles, except for the EM of C. catenaeformis. This can be justified by the low value of the utilized variables, which were not able to cause resistance reduction. The wave propagation speed and elastic constant values increased slightly as the number of cycles increased. For D. odorada, the addition in the value of the elastic constant was around 4% and 7% when working with 40.000 and 100.000 cycles respectively. Moreover, for Pouteria guianensis, the addition in the value of the elastic constant was around 7% and 8% when working with 40.000 and 100.000cycles respectively. For C. catenaeformis, the elastic constant increased between 3 and 7%, and for T. grandis it increased between 7 and 8% in 40.000 and 100.000 cycles, respectively.
Keywords: quality of wood, Dipteryx odorata, Pouteria guianensis, Cedrelinga catenaeformis, Tectona grandis, ultrasonic waves.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.