Scientia Forestalis, volume 43, n. 107
p.551-560, setembro de 2015

Efeitos da paisagem de campo e florestamento com Pinus na diversidade e estrutura genética de pequenas populações remanescentes de Araucaria angustifolia

Effects of natural field landscapes and Pinus plantations in diversity and genetic structure of small remnants populations of Araucaria angustifolia

Newton Clóvis Freitas da Costa1
Altamir Frederico Guidolin2
Oiéler Felipe Vargas3
Adelar Mantovani4

1Mestre em Engenharia Florestal. UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina. Av. Luiz de Camões, 2090 - Bairro Conta Dinheiro - 88520-000, Lages, SC. E-mail: newtoncfc@gmail.com
2Professor Doutor do Departamento de Agronomia. UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina. Av. Camões 2090 - 88520-000 - Lages, SC. E-mail: altamir.guidolin@udesc.br
3Graduando em Engenharia Florestal. UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina. Av. Luiz de Camões, 2090 - Bairro Conta Dinheiro - 88520-000, Lages, SC. E-mail: oielerfelipe@gmail.com
4Professor Doutor do Departamento de Engenharia Florestal. Progrmaa de Pós-graduação em Engenharia Florestal. UDESC - Universidade do Estado de Santa Catarina. Av. Luiz de Camões, 2090 - Bairro Conta Dinheiro - 88520-000, Lages, SC. E-mail: oielerfelipe@gmail.com

Recebido em 07/07/2014 - Aceito para publicação em 24/02/2015

Resumo

Características da paisagem podem estruturar a variação genética e afetar o fluxo de pólen de populações de plantas. Para investigar os efeitos da paisagem de campo e florestamento com Pinus na estrutura e diversidade genética de populações de Araucaria angustifolia, utilizaram-se oito locos microssatélites para análise de 400 sementes e 87 indivíduos reprodutivos, presentes em quatro remanescentes florestais (Capões). Os capões estudados estão inseridos em diferentes matrizes de paisagem, dois em campo natural (Fazenda X) e dois em florestamento com Pinus (Fazenda Z). Elevada diversidade genética foi verificada nas populações (He, variando de 0,16 a 0,829), sem diferenças significativas entre os indivíduos adultos. Não foram verificadas diferenças pelo coeficiente de coancestralidade entre as fazendas (FFA = 0.002, P>0,05). Esses resultados sugerem que existiu uma conectividade histórica entre os locais. Índices de fixação significativos foram verificados nas sementes da Fazenda Z (F = 0,076, P<0,05) e no conjunto total de sementes analisadas (F = 0,052, P<0,05), indicando fixação para alguns alelos, possivelmente pelo cruzamento entre aparentados. A divergência genética verificada entre populações de adultos e de sementes (FAS = 0,029, P<0,05) aliado com a ocorrência de alelos exclusivos em todas as populações, sugere que nem toda variabilidade genética dos indivíduos adultos analisados está sendo passada para as sementes, especialmente na Fazenda Z. Por outro lado, houve contribuição para polinização das sementes vindo de fora dos capões, em ambas as fazendas.
Palavras-chave: Plantios florestais, pequenos capões, divergência genética, índice de fixação.

Abstract

Landscape characteristics may structure genetic variation and affect the pollen flow of plant populations. To investigate the effects of field landscapes and Pinus plantations on genetic diversity and the structure of Araucaria angustifolia populations, eight microsatellite loci were used to analyze 400 seeds and 87 reproductive trees, present in four forest remnants (Patches). The studied patches are inserted into different landscape matrices, two in natural field (Farm X) and two in Pinus forestation (Farm Z). The analysis showed high population genetic diversity (He, ranged from 0.16 to 0.83) with no significant difference among adults. No differences between farms were verified by co-ancestry coefficient (FFA = 0.002, P > 0.05). These results suggest that there was a historical connectivity between the locations. Significant fixation indices were detected in seeds from Farm Z (F = 0.076, P < 0.05) and in the total analyzed seeds (F = 0.052, P < 0.05), indicating allele fixation, possibly by crossing among relatives. The genetic divergence observed among adults and seed populations (FAS = 0,029, P < 0.05) coupled with the presence of unique alleles in all populations, suggest that not all the genetic variability of the analyzed adults is being passed on to the seeds, especially in Farm Z. On the other hand, there was an important pollen contribution from outside patches for seed formation, in both farms.
Keywords: Forest plantations, small patches, genetic divergence, fixation index.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.