Scientia Forestalis, volume 45, n. 114
p.295-304, junho de 2017
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v45n114.06

Modelos genéricos e específicos para estimativa do volume comercial em uma floresta sob concessão na Amazônia

General and specific models for estimating commercial volume in a forest under concession in Amazon

Vinicius Costa Cysneiros1
Allan Libanio Pelissari2
Sebastião do Amaral Machado3
Afonso Figueiredo Filho4
Luizinho de Souza5

1Doutorando em Engenharia Florestal. UFPR - Universidade Federal do Paraná / Departamento de Ciências Florestais. Av. Prefeito Lothario Meissner - Jardim Botânico - 80210170 - Curitiba, PR, Brasil. E-mail: vccysneiros.florestal@gmail.com
2Professor Adjunto no Departamento de Ciências Florestais. UFPR - Universidade Federal do Paraná. Av. Prefeito Lothario Meissner - Jardim Botânico - 80210170 - Curitiba, PR, Brasil. E-mail: allanpelissari@gmail.com
3Professor Senior no Departamento de Ciências Florestais. UFPR - Universidade Federal do Paraná. Av. Prefeito Lothario Meissner - Jardim Botânico - 80210170 - Curitiba, PR, Brasil. E-mail: samachado@ufpr.br
4Professor Associado no Departamento de Engenharia Florestal. UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro-Oeste. PR-153 - KM 7 – Bairro Riozinho - 84500-000 - Irati, PR, Brasil. E-mail: afigfilho@gmail.com
5Coordenador de Operações Florestais. Amata Brasil S/A. Estrada da Balsa, Km 1, Setor Industrial - 76861-000 - Itapuã do Oeste, RO, Brasil. E-mail: luizinho.souza@amatabrasil.com.br

Recebido em 15/03/2016 - Aceito para publicação em 10/01/2017

Resumo

A avaliação da floresta, em termos de seu potencial de madeira comercial, fundamenta tanto as licitações das concessões florestais quanto à autorização de exploração por parte dos órgãos ambientais competentes. Portanto, torna-se necessário o desenvolvimento de novas equações volumétricas com bons níveis de precisão para espécies e formações florestais amazônicas. Este trabalho teve como objetivo ajustar e selecionar modelos para estimativa do volume comercial de espécies em uma floresta sob concessão na Amazônia. Modelos volumétricos foram ajustados para obtenção de uma equação genérica, considerando as 32 espécies comerciais, e de equações específicas para as 12 espécies mais exploradas na área. Com a finalidade de reduzir os erros de estimativa, foram testadas estratificações por classe de diâmetro para todas as equações. Os modelos de Schumacher & Hall e de Spurr foram estatisticamente os mais adequados, ao passo que as equações específicas e a estratificação por classes de diâmetro proporcionaram maior precisão nas estimativas de volume, sendo recomendadas principalmente para dados oriundos de florestas naturais.
Palavras-chave: Floresta tropical, Equações de volume, Espécies madeireiras.

Abstract

For commercial timber potential, forest evaluation is fundamental for forest concessions and forest operating licensing by environmental agencies. Therefore, it becomes necessary to develop new volumetric equations with good levels of precision for Amazonian forest species. Thus, the aim of this work was to fit and select models to estimate commercial tree species volume in a forest under concession in the Amazonian Forest. Models were fitted to obtain a general equation, considering 32 commercial species; and specific equations for the 12 main species. In order to reduce estimation errors, class diameter stratifications were tested for all equations. The Schumacher & Hall and Spurr were the best statistical models, whereas specific equations and diameter stratifications provided greater precision for volume estimates, thus being recommended mainly for data from natural forests.
Keywords: Tropical Rainforest, Volume equations, Timber species.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.