Scientia Forestalis, volume 42, n. 101
p.81-89, março de 2014

Relações entre dimensões de fibras e de densidade da madeira ao longo do tronco de Eucalyptus urograndis

Wood Fiber size and density relationship along the stem of Eucalyptus urograndis

Joaquim Carlos Gonçalez1
Gleidson Leitão dos Santos2
Francides Gomes da Silva Junior3
Ildeu Soares Martins1
Julia de Almeida Costa4

1Professor Doutor. UNB - Universidade de Brasília – Depto de Engenharia Florestal – 70919-900 – Brasília, DF. E-mail: goncalez@unb.br; ildmarti@unb.br.
2Engenheiro Florestal – UNB - Universidade de Brasília – Depto de Engenharia Florestal – 70919-900 Brasília, DF. E-mail: gleidsonleitao@yahoo.com.br.
3Professor Doutor. USP – Universidade de São Pauli, ESALQ – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” Depto Ciências Florestais - 13418-900 - Piracicaba, SP. E-mail: fjrgomes@terra.com.br.
4Engenheira Florestal, Mestre em Ciências Florestais. UNB - Universidade de Brasília – Depto de Engenharia Florestal – 70919-900 – Brasília, DF. E-mail: julia_kosuta@yahoo.com.br

Recebido em 02/06/2013 - Aceito para publicação em 16/01/2014

Resumo

A indústria de celulose e papel no Brasil tem como matéria prima básica a madeira de Eucalyptus. A variação dos constituintes anatômicos da madeira, principalmente ao nível de fibras, certamente irá influenciar a qualidade da polpa a ser produzida. Este trabalho teve como objetivo caracterizar a madeira de Eucalyptus urograndis, sob o ponto de vista da anatomia de fibras e da densidade básica, verificando a variação desses parâmetros, ao longo do fuste de árvores provenientes de um plantio da região do Distrito Federal, considerando o seu aproveitamento na indústria de celulose. Para a realização desta pesquisa foi utilizada madeira de cinco árvores de Eucalyptus urograndis, com 8 anos de idade. De cada árvore foram retirados cinco discos de aproximadamente 3,0 cm de espessura. Cada disco correspondendo a uma posição específica no tronco: 0% (base), 25%, 50%, 75%, e 100% da altura comercial. As dimensões de fibras determinadas nas diferentes posições do tronco foram o comprimento, a largura, a espessura da parede e o diâmetro do lume, além da densidade básica. Os resultados mostram que as fibras apresentam dimensões médias de 0,90mm de comprimento, 16,51μm de largura e 5,61 μm de espessura. O comprimento de fibras da madeira mostra tendência de ser maior na parte superior do fuste. A densidade básica média é de 0,510 g/cm3. Observou-se, também, uma tendência da parte superior do tronco possuir densidade mais elevada. As variáveis estudadas contribuem para a caracterização da madeira, devendo ser tomada em consideração para otimizar a produção de celulose a partir desta matéria prima.
Palavras-chave: Eucalyptus urograndis, fibras, densidade.

Abstract

The basic raw material in the Brazilian pulp and paper industry is Eucalyptus wood. The variation in the anatomical wood constituents, especially in fiber affects the quality of pulp to be produced. This study aimed to characterize Eucalyptus urograndis anatomy and fiber density, checking the variation of these parameters along the stem of trees, from a plantation in the Federal District region, for its use in the pulp industry. For this research we used wood from five trees of Eucalyptus urograndis, aged 8 years. Five disks of approximately, 3.0 cm thickness were taken from each plant. Each disk corresponded to a especific position on the trunk: 0% (base), 25%, 50%, 75% and 100% of the commercial height. The measured fiber dimensions in fixed positions of the stem were: length, width, thickness and lumen diameter and specific gravity. The results show that the fibers have a mean size of 0.90 mm in length, are 16.51 μm wide and 5.61 μm thick. The length of wood fibers has tended to be greater on the tip of the stem. The average basic density was 0.510 g/cm3. There was also a tendency for higher density on the upper part of the stem. The above variables contribute to the characterization of the timber and must be taken into account for optimizing pulp production.
Keywords: Eucalyptus urograndis, fiber, density, relationship.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.