Scientia Forestalis, volume 42, n. 104
p.543-554, dezembro de 2014

Regeneração de floresta atlântica sob níveis diferenciados de pertubação antrópica: implicações para restauração

Regeneration in the atlantic forest under different levels os anthropic disturbance: implications for restoration

Gabriela Miranda Teixeira1
Pablo Hugo Alves Figueiredo2
Ricardo Valcarcel3
Thiago de Azevedo Amorim4

1Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ciências Ambientais e Florestais. UFRRJ -  Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro - BR 465 Km 07 CEP: 23.890-000 Seropédica – RJ. E-mail: gabrielateixeirabio@gmail.com.
2Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Recursos Florestais. USP – Universidade de São Paulo / ESALQ - Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz” - 13418-900, Piracicaba, SP - Brasil. E-mail: pablo_figueiredo@yahoo.com.br
3Professor Doutor.  UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. BR 465 Km 07 CEP: 23.890-000 Seropédica – RJ. E-mail: ricval@ufrrj.br
4Mestre em Ciências Ambientais e Florestais. UFRRJ - Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro. BR 465 Km 07 CEP: 23.890-000 Seropédica – RJ. E-mail: thiagodb@ufrrj.br

Recebido em 31/01/2014 - Aceito para publicação em 05/07/2014

Resumo

Estudos realizados em áreas com históricos de perturbação similares, porém com intensidades distintas, permitem fazer inferências sobre a dinâmica da regeneração natural. O presente trabalho objetivou identificar quais valores descritivos foram recuperados no decorrer da sucessão natural ao longo de um gradiente de perturbação antrópica em um remanescente de Floresta Ombrófila Densa. Foram estabelecidos três sítios amostrais: controle, moderadamente perturbado e perturbado. Em cada um deles foram instaladas 40 parcelas de 1 m² para determinação da composição florística, estrutura e diversidade no estrato regenerante. Registrou-se 102 espécies arbóreas e arbustivas, distribuídas em 31 famílias e 66 gêneros. O número de famílias, a riqueza e a diversidade (H’) foram decrescentes conforme o aumento na intensidade de perturbação dos sítios. O sítio moderadamente perturbado apresentou maior similaridade florística com o sítio perturbado. A menor similaridade encontrada foi entre os sítios controle e perturbado. A composição das espécies apresentou evidente variação entre os ambientes. A perturbação influencia principalmente a florística e a diversidade das florestas enquanto a estrutura é recuperada mais rapidamente. Portanto, as ações de restauração florestal podem ser focadas no restabelecimento da riqueza, função e estrutura da floresta, já que o retorno da florística original pode não ocorrer.
Palavras-chave: Sucessão natural; Estrutura florestal; Dinâmica florestal.

Abstract

Research on areas with similar disturbance histories but different intensities allow inferences about the dynamics of natural regeneration. This research aimed to identify which descriptive values have been recovered in the course of natural succession along a disturbance gradient on rain forest stretches. Three sampling sites were established: control, moderately disturbed, and disturbed. In each one were installed 40 plots of 1m² aiming to determine the floristic composition, structure and diversity. There were found 102 tree and shrub species, distributed in 31 families and 66 genera in the regenerating stratum. The number of families, the richness and diversity (H') were reducing according to the increasing of disturbance intensity. There was higher floristic similarity among the moderately disturbed site and disturbed site. The lowest similarity was found between the control and disturbed sites. The species composition showed clear variation among environments. The disturbance mainly influences the floristic composition and diversity of forests while the structure is recovered more quickly. Therefore the actions applied in order to obtain the forest restoration may be focused on reestablishing species richness, function and structure of the forest instead of your original floristic composition, because naturally it may not occur.
Keywords: Natural succession; Forest structure; Forest dynamic.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.