Scientia Forestalis, volume 43, n. 105
p.83-90, março de 2015

Modelagem do crescimento e produção para um povoamento de Eucalyptus utilizando dois métodos para quantificação do índice de local

Growth and production modeling for a Eucalyptus population by the use of two methods for the quantification of the site index

Renato Vinícius de Oliveira Castro1
André Barreto Cunha2
Lorena Vaz da Silva2
Helio Garcia Leite3
Antonilmar Araujo Lopes da Silva4

1Professor Doutor do Departamento de Ciências Agrárias. UFSJ – Universidade Federal de São João del Rei - Campus Sete Lagoas - 35701-970 – Sete Lagoas, MG. E-mail: castrorvo@ymail.com.
2Pós Graduação em Ciências Florestais. UnB – Universidade de Brasília - 70904-970 – Brasília, DF. E-mail: andre.florestal.unb@gmail.com; lorenavaz.unb@gmail.com.
3UFV – Universidade Federal de Viçosa - 36570-000 – Viçosa, MG. E-mail: hgleite@ufv.br.
4Engenheiro Florestal Cenibra. BR 381 Km, 172 s/n - 35195-000 - Belo Oriente, MG. E-mail: antonilmar.silva@cenibra.com.br.

Recebido em 20/12/2013 - Aceito para publicação em 22/09/2014

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a eficiência e a aplicabilidade de dois métodos de classificação da capacidade produtiva por meio do índice de local (S): Curva-Guia e Equação das Diferenças, para serem utilizados como variáveis independentes na modelagem do crescimento e da produção para povoamentos comerciais de Eucalyptus. Os dados utilizados são provenientes do monitoramento de 791 parcelas permanentes, sendo que 70% delas foram utilizadas para ajuste dos modelos e 30%, para a validação. A classificação da capacidade produtiva por meio de índices de local (S) foi eficiente pelos dois métodos avaliados (Curva Guia e Equação das Diferenças), e os modelos de Clutter ajustados utilizando as variáveis S pelos dois métodos foram precisos. Entretanto, na validação dos modelos, aquele utilizando a variável S estimada pelo método das equações das diferenças mostrou-se mais eficiente para realização da prognose, apresentando melhores estimativas na validação dos modelos.
Palavras-chave: classificação da capacidade produtiva, modelagem florestal, validação de modelos.

Abstract

The aim of this study was to evaluate the efficiency and reliability of two classification methods of production capacity through the site index (S): Guide Curve and Differences equation to be used as independent variables in the modeling of growth and yield of commercial Eucalyptus populations. The data used are derived from the monitoring of 791 permanent sample plots; 70% were used for model adjustment and 30% for validation. The classification of productive capacity by site index (S) was efficient for both methods evaluated (Guide Curve and Equation of Differences), and Models of Clutter adjusted using the S variables by the two methods were accurate. However, validation of the models, one using the S variable estimated using the equations of the differences proved to be more efficient to perform the prognosis, with best estimates in the validation of models.
Keywords: classification of productive capacity, forest modeling, model validation.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.