Scientia Forestalis, volume 42, n. 101
p.91-99, março de 2014

Estrutura etária e espacial de uma população natural de Carapa guianensis Aubl. (Meliaceae) na Amazônia Sul Ocidental

Age and spatial structure of Carapa guianensis Aubl. (Meliaceae) in southwestern Amazon

Ernestino de Souza Gomes Guarino1
Camila Mayara Gessner2
Lúcia Helena de Oliveira Wadt1
Fernanda Lopes da Fonseca3
Andréa Raposo4

1Engenheiro(a) Florestal, Pesquisador(a) Embrapa Acre. BR 364, Km 14, sentido Rio Branco – Porto Velho, 69900-970, Rio Branco, AC. E-mail: ernestino.guarino@embrapa.br; lucia.wadt@embrapa.br.
2Engenheira Florestal. FURB - Fundação Universidade de Blumenau. Rua São Paulo, 3250, Itoupava Seca, 89030-000, Blumenau, SC. E-mail:camilamgessner@gmail.com.
3Engenheira Florestal, Analista Embrapa Acre. BR 364, Km 14, sentido Rio Branco – Porto Velho, 69900-970, Rio Branco, AC. E-mail: fernanda.fonseca@embrapa.br.
4Bióloga, Pesquisadora Embrapa Acre. BR 364, Km 14, sentido Rio Branco – Porto Velho, 69900-970, Rio Branco, AC. E-mail: andrea.raposo@embrapa.br

Recebido em 02/06/2013 - Aceito para publicação em 16/01/2014

Resumo

Carapa guianensis (andiroba) ocorre naturalmente em toda a Amazônia, preferencialmente em áreas de baixio, sendo o óleo extraído de suas sementes amplamente utilizado pela indústria de cosméticos. Além do óleo, a espécie também possui madeira com características desejáveis pelo mercado de madeiras tropicais, fator que aumenta a pressão sobre suas populações naturais. O objetivo desse trabalho foi descrever a estrutura etária e espacial de uma população natural de andiroba em um trecho de Floresta Ombrófila Aberta com palmeiras na Amazônia Sul Ocidental para subsidiar ações de conservação e manejo da espécie em florestas da região. Foram alocadas duas parcelas de 300 x 300m (9 ha) onde foram amostrados todos os indivíduos com DAP ≥ 10 cm. Indivíduos com DAP < 10 cm foram amostrados em 20 parcelas de regeneração de 10 x 10 m (10 parcelas de regeneração/parcela) escolhidas ao acaso dentro de todas as parcelas. A estrutura etária da população foi estimada subdividindo-se os indivíduos em três classes ontogenéticas: plântulas (altura < 1,5 m), jovens (altura ≥ 1,5m e DAP < 10 cm) e adultos (DAP ≥ 10 cm); a distribuição espacial dos indivíduos adultos foi avaliada usando o método do vizinho mais próximo e a função K de Ripley. Para todas as classes avaliadas, foi estimada a densidade de indivíduos. A densidade média foi de 1.100 ± 133 plântulas.ha-1 e 14,5 ± 2,28 adultos.ha-1. Nenhum indivíduo jovem foi amostrado. Em ambos os métodos utilizados para descrição da estrutura espacial, os indivíduos adultos apresentaram distribuição espacial agregada. Estes resultados são similares a outros levantamentos para a espécie na Amazônia Sul Ocidental, porém a estrutura etária da população apresenta uma importante lacuna de indivíduos jovens e adultos nas classes diamétricas.
Palavras-chave: Andiroba, manejo florestal de uso múltiplo, floresta ombrófila aberta

Abstract

Carapa guianensis Aubl. (Meliaceae) is a tree popularly known as andiroba. It occurs throughout the Amazon basin, preferably in low lying areas. The oil extracted from its seeds is widely used for cosmetics. Besides oil, its wood has desirable characteristics for the tropical timber market, a factor that increases the pressure on its natural populations. Our objective was to describe the structure of a natural population of C. guianensis in southwestern Amazon (Rondônia State). The work was carried out in an open rainforest with palm trees in the Porto Velho municipality (9° 47'18 "S and 66° 41'54" WGR). Two plots with 9 ha each (300 x 300 m) were marked. All individuals of C. guianensis with DBH ≥ 10cm were measured. Individuals with DBH < 10cm were sampled in 20 plots of 0.1ha (10 x10m; 10 regeneration plots/plot) randomly chosen within the plots. To estimate the population structure all sampled individuals were further subdivided into three groups: seedlings (height <1.5 m), juveniles (height ≥ 1.5 m and DBH <10cm) and adults (DBH ≥ 10 cm). For all groups we estimated the density (individuals.ha-1; mean ± standard deviation). The estimated density was of 1,100 ± 133 seedlings.ha-1 and 14.5 ± 2.28 adults.ha-1. There were no juveniles of the species in the studied plots. The density of seedlings and adults was similar to other inventories made for the same species in the Western Amazon, but our results show that the population has a serious lack of juvenile individuals.
Keywords: forest management, non-timber forest products.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.