Scientia Forestalis, volume 42, n. 103
p.403-410, setembro de 2014

Dynamic of assortment of Pinus taeda L. plantation in different site classes in Southern Brazil

Dinâmica do sortimento de plantios de Pinus taeda L. em diferentes classes de sítio no Sul do Brasil

Sintia Valerio Kohler1
Neumar Irineu Wolff II2
Afonso Figueiredo Filho3
Julio Eduardo Arce4

1Forest Engineer. Doctoral Candidate. UFPR – Universidade Federal do Paraná. Pref. Lothário Meissner Avenue, 632. Jardim Botânico - 80210-170 – Curitiba, PR – Brazil. E-mail: sintiakohler@yahoo.com.br.
2Forest Engineer. Msc. UNICENTRO – Universidade Estadual do Centro Oeste. PO Box, 21, 84500-000, Irati, PR, Brazil. E-mail: neumarwolff@uol.com.br.
3Forest Engineer. Doctor. UNICENTRO – Universidade Estadual do Centro Oeste. PO Box, 21, 84500-000, Irati, PR, Brazil. E-mail: afigfilho@gmail.com
4Forest Engineer. Doctor. UFPR – Universidade Federal do Paraná. Pref. Lothário Meissner Avenue, 632. Jardim Botânico - 80210-170 – Curitiba, PR – Brazil. E-mail: jarce@ufpr.br

Recebido em 05/12/2013 - Aceito para publicação em 11/04/2014

Resumo

O objetivo deste estudo foi determinar a evolução do sortimento de madeira em povoamentos de Pinus taeda localizados no estado do Paraná. Foram amostradas 144 árvores em três classes de sítio, aplicando-se a técnica de análise de tronco completa. Os volumes médios por árvore para os sortimentos foram obtidos em todas as classes de idade e sítios do povoamento. Na classe 7-9 anos predominam volumes para celulose. Na classe 10-12 anos tem-se maiores volumes para serraria, que representa 51,09, 47,63 e 37,89% do volume total produzido, respectivamente para os sítios I, II e III. Volumes para laminação são produzidos na classe 13-15 anos, representado 43,98 e 25,46% do volume total, para os sítios I e II. Volumes para faqueado representam aos 16-18 anos 30,8 e 14,85% do volume total para os sítios I e II. Os sítios melhores produzem toras de maiores dimensões mais cedo, assim, o sítio influencia no sortimento. A dinâmica do sortimento também mostra que após o 13o ano, há uma considerável mudança no sortimento da floresta e assim, colheitas após essa idade deveriam ser cuidadosamente analisadas, considerando que uma antecipação de corte de alguns meses ou ano pode representar um importante diferencial econômico.
Palavras-chave: Sortimento, análise de tronco completa, modelos de afilamento, idade.

Abstract

The objective of this study was to examine the evolution of wood assortment in Pinus taeda stands, located in Paraná state. 144 trees were sampled in three site classes and complete stem analysis was applied. The average assortment volumes per tree were obtained in all age classes and sites. 7-9 year age classes predominantly contain volumes adequate for pulpwood. In 10-12 year classes larger volumes were obtained for sawnwood, with 51.09%, 47.63% and 37.89% of the total volume, respectively for sites I, II and III. Volumes for veneer are produced in the 13-15 year classes, representing 43.98 and 25.46% of total volume for sites I and II. Volumes for sliced veneer are produced in the 16-18 year classes with 30.8% and 14.85% of the total volume for sites I and II. Best sites produce larger logs sooner, suggesting that site has influences on wood assortment. Assortment dynamics also shows a change in the forest assortment after 13th year. This way, harvests after this age should be carefully analyzed, considering that anticipation of a few months or a year in cutting of the trees can make an important economic difference.
Keywords: Wood assortment, complete stem analysis, taper models, age.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.