Scientia Forestalis, volume 44, n. 112
p.887-894, dezembro de 2016
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n112.10

Painéis OSB de madeira Pinus sp. e adição de partículas de polipropileno biorientado (BOPP)

OSB of Pinus sp. and addiction of bioriented polypropylene film (BOPP) particles

Laurenn Borges de Macedo1
Márcio Rogério da Silva2
Antônia Amanda da Silva César3
Tulio Hallak Panzera4
André Luis Christoforo5
Francisco Antonio Rocco Lahr6

1Doutoranda em Ciência e Engenharia de Materiais. USP – Universidade de São Paulo / EESC – Escola de Engenharia de São Carlos. Av. Trabalhador Saocarlense, n. 400  -  13566590 - São Carlos, SP, Brasil. E-mail: laurennmacedo@hotmail.com.
2Pós-doutorando. USP – Universidade de São Paulo / EESC – Escola de Engenharia de São Carlos. Av. Trabalhador Saocarlense, n. 400  -  13566590 - São Carlos, SP, Brasil. E-mail: marciomr@sc.usp.br.
3Doutorado em Ciência e Tecnologia da Madeira. UFLA - Universidade Federal de Lavras / Departamento de Ciências Florestais. Campus universitário - 37200-000 - Lavras, MG, Brasil. E-mail:. amanda_ufla@hotmail.com
4Professor Doutor do Departamento de Engenharia Mecânica. UFSJ - Universidade Federal de São João Del-Rei. Praça Santo Antônio, 170 - Centro - 31270901 - São João del Rei, MG,  Brasil. E-mail: tuliopanzera@hotmail.com.
5Professor Adjunto do Departamento de Engenharia Civil. UFSCar - Universidade Federal de São Carlos. Rodovia Washington Luís, km 235 - SP-310 -  36307-352 - São Carlos, SP, Brasil. E-mail: christoforoal@yahoo.com.br
6Professor Titular do Departamento de Engenharia de Estruturas. USP – Universidade de São Paulo / EESC – Escola de Engenharia de São Carlos. Av. Trabalhador Saocarlense, n. 400  -  13566590 - São Carlos, SP, Brasil. E-mail: frocco@sc.sup.br.

Recebido em 03/04/2015 - Aceito para publicação em 27/04/2016

Resumo

O setor da construção civil é um dos que mais consome recursos naturais e utiliza energia de forma intensiva, gerando consideráveis impactos ambientais e grande quantidade de resíduos. A utilização de produtos alternativos, como Oriented Strand Board, surge como uma possibilidade de redução de tais impactos e tem conquistado cada vez mais espaço na construção. A adição de resíduos na matriz constituinte desses painéis representa alternativa de reaproveitamento dos descartes produzidos pela sociedade e economia de madeira no processo produtivo destes compósitos. O objetivo deste trabalho consistiu em avaliar a viabilidade técnica da produção de painéis OSB com madeira de Pinus sp. e resina poliuretana à base de óleo de mamona, com adição (20%; 30% em fração mássica sobre as partículas de madeira) de partículas de polipropileno biorientado (BOPP). O desempenho dos painéis foi avaliado por intermédio das suas propriedades físicas e mecânicas. De acordo com a norma europeia EN 300:2006, os painéis foram classificados como OSB 4, quanto às propriedades físicas, e OSB 1, considerando-se os módulos de elasticidade e ruptura obtidos em ensaios de flexão estática. A resistência na tração perpendicular não atendeu à referida norma. Das propriedades investigadas, apenas inchamento em espessura e absorção de água foram influenciadas de forma significativa pelas frações de BOPP.
Palavras-chave: Oriented Strand Board, BOPP, Pinus sp.

Abstract

Construction is one of the sectors that most consumes natural resources and uses energy intensively, generating significant environmental impacts and large amounts of waste. The use of alternative products like Oriented Strand Board appears as a possibility to reduce these impacts and has gained more space in construction. The addition of waste materials in constituent matrix of these panels represents an alternative reuse of discards produced by the society and wood economy in the production process of these composites. The objective of this research was to evaluate the technical feasibility of producing OSB of Pinus sp. wood and castor oil based polypropylene resin with the addition of bio-oriented particles of polypropylene film (20%, 30% on the mass fraction of the wood particles). The panels’ performance was evaluated by means of physical and mechanical properties. According to the EN 300:2006 standard; the panels were classified as OSB 4, for physical properties, and OSB 1, for modulus of elasticity and rupture obtained in static bending tests. The internal bond test property did not attend the above mentioned standard. Of all properties evaluated, only thickness swelling and water absorption were significantly influenced by the percentage of BOPP.
Keywords: Oriented Strand Board, BOPP, Pinus sp.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.