Scientia Forestalis, volume 46, n. 119
p.427-436, setembro de 2018
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v46n119.10

Carbon stock and dynamics in a managed forest in Central Amazon

Estoque e dinâmica de carbono em floresta manejada na Amazônia Central

Cintia Rodrigues de Souza1
Celso Paulo de Azevedo1
Luiz Marcelo Brum Rossi2
Joaquim dos Santos3
Niro Higuchi3

1Pesquisadora Doutora. Embrapa Amazônia Ocidental - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Rodovia AM 010 km 29 - Zona rural - Caixa-postal: 319 - 69011-970 - Manaus, AM, Brasil. E-mail: cintia.souza@embrapa.br; celso.azevedo@embrapa.br.
2Pesquisador Doutor. Embrapa Florestal – Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária. Estrada da Riberia, Km 111 – Caixa Postal 319 – 84311-000 – Colombo, PR, Brasil. E-mail: marcelo.rossi@embrapa.br.
3Pesquisador Doutor. INPA – Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia / Coordenação de Pesquisas em Silvicultura Tropical. Av. Andre Araújo, 2936 – Caixa Postal: 478 - 69011-970 - Manaus, AM, Brasil. E-mail: joca@inpa.gov.br; niro@inpa.gov.br.

Recebido em 23/03/2017 - Aceito em 13/11/2017

Resumo

A floresta amazônica tem estado cada vez mais em evidência nas discussões mundiais acerca de seu papel central no controle das mudanças climáticas globais, tanto pela capacidade de emitir gases do efeito estufa para a atmosfera, via queimadas ou desmatamentos, como de absorver carbono da atmosfera por meio do crescimento do povoamento. Este trabalho analisou dados de uma floresta manejada experimentalmente em 1987, em Manaus/AM. O objetivo foi estudar o estoque e dinâmica de carbono. Os inventários florestais foram realizados em 15 hectares de parcelas permanentes. As taxas médias de recrutamento foram de 4,9%, 4,8%, 3,7% e 5%, para os tratamentos testemunha e exploração de 1/3, 1/2 e 2/3, respectivamente; e as taxas médias de mortalidade foram de 3,1%, 6%, 4,8% e 6,7%, para os tratamentos testemunha e exploração de 1/3, 1/2 e 2/3, respectivamente. A área basal (23,1 m2 ha-1, 23,6 m2 ha-1 e 23,7 m2 ha-1), o volume (345 m3 ha-1 em 2005, 351,3 m3 ha-1 em 2007 e 353,7 m3 ha-1 em 2010) e o estoque de carbono (149,2 t ha-1 em 2005, 151,8 t ha-1 em 2007 e 152,6 t ha-1 em 2010) apresentaram aumento a cada medição realizada. Entretanto, a diferença estatística entre estes valores não foi significativa, assim, concluiu-se que a floresta manejada experimentalmente esteve em equilíbrio com a atmosfera durante o período avaliado. A comparação do estoque de carbono dos anos mensurados com o estoque pré-exploratório, em 1986, mostrou que no ano de 2010 o estoque de carbono se igualou ao conteúdo de antes da exploração florestal, significando a recuperação da floresta.
Palavras-chave: manejo florestal, mudanças climáticas, biomassa, dinâmica florestal.

Abstract

The Amazon forest has been in evidence in global discussions about their role in control of global climate change, both by the ability to emit greenhouse gases into the atmosphere via burning or thinning, how to absorb carbon from the atmosphere by through the growth of the stand. This study analyzed data from a forest managed in 1987, in Manaus/AM. This work aimed to study the carbon stock and dynamics. The forest inventories were conducted in 15 hectares of permanent plots. The average rates of recruitment were 4.9%, 4.8%, 3.7% and 5% for control treatments and logging of 1/3, 1/2 and 2/3, respectively, and the average mortality rates were 3.1%, 6%, 4.8% and 6.7%, for control treatments and logging of 1/3, 1/2 and 2/3, respectively. The basal area (23.1 m2 ha-1 in 2005, 23.6 m2 ha-1 in 2007 and 23.7 m2 ha-1 in 2010), the volume (345 m3 ha-1 in 2005, 351.3 m3 ha-1 in 2007 and 353.7 m3 ha-1 in 2010) and the carbon content (149.2 t ha-1 in 2005, 151.8 t ha-1 in 2007 and 152.6 t ha-1 in 2010) increased in all measurements. However, the statistical difference between these values was not significant, so it was concluded that the forest was in equilibrium with the atmosphere during the period evaluated. A comparison of the carbon stock of the years measured with the stock pre-exploratory, in 1986, showed that in 2010 the carbon stock equaled the content before logging, meaning the forest recovery.
Keywords: forest management, climatic changes, biomass, forest dynamics.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.