Scientia Forestalis, volume 46, n. 120
dezembro de 2018
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v46n120.10

Quantificação dos estoques de biomassa de Acacia mearnsii de Wild. em diferentes idades e locais de cultivo

Quantification of biomass stocks of Acacia mearnsii de Wild. at different ages and places of cultivation

Sérgio Costa Junior1
Dimas Agostinho da Silva1
Carlos Roberto Sanquetta1
Alexandre Behling1
Augusto Arlindo Simon2
Jonathan William Trautenmuller1
Fernando Augusto Ferraz1

1Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal, Universidade Federal do Paraná, UFPR. Curitiba / PR, Brasil. E-mail: o.sergio.costa@gmail.com
2Tanagro S/A. Montenegro / RS, Brasil.

Recebido em 06/09/2017 - Aceito em 10/05/2018

Resumo

As plantações de acácia-negra geram múltiplos produtos a partir de sua biomassa. Do fuste é retirada a casca, utilizada para a extração de taninos e também a madeira, na produção de celulose, carvão, pellets, lenha entre outros fins. A biomassa da copa pode ser utilizada para a geração de energia. Portanto, é importante conhecer os estoques de biomassa dos povoamentos de acácia-negra em seus diferentes componentes (copa e fuste). Assim, esta pesquisa teve como objetivo quantificar os estoques de biomassa dos povoamentos da espécie em idades:  0 a 2, 2 a 4, 4 a 6 e acima de 6 anos e em três diferentes locais de cultivo: Cristal, Encruzilhada do Sul e Piratini, de modo a verificar quão esses fatores interferem na produção de biomassa total e dos componentes: copa e fuste. Para tanto, procedeu-se com a amostragem de povoamentos comerciais da espécie. Os estoques de biomassa foram obtidos por meio de equações da literatura ajustadas para a mesma base de dados. Por meio das estimativas de biomassa obtidas nas parcelas foi possível gerar os estimadores para a unidade de área hectare. Os fatores idade e local influenciaram de forma distinta os estoques de biomassa total e dos componentes: copa e fuste. Os povoamentos que apresentaram maior estoque de biomassa total e para os componentes biomassa do fuste e biomassa da copa para as idades de 0 a 2 anos foram os de Cristal com 24,10 - 15,15 e 8,95 Mg.ha-1, respectivamente.  Já para as de 2 a 4 anos os de Piratini apresentaram 61,04 - 45,94 e 15,11 Mg.ha-1. Entre 4 e 6 anos foram os de Encruzilhada do Sul com 107,41 - 86,91 e 20,50 Mg.ha-1. Por fim, para os acima de 6 anos os de Piratini com 141,71 - 117,42 e 24,28 Mg.ha-1.
Palavras-chave: produção de biomassa, componentes da biomassa, acácia-negra, ciclo de cultivo.

Abstract

Plantations of black wattle (Acacia mearnsii) provide multiple products due to its biomass. The bark is removed from the stem and used for the extraction of tannins. Its wood is employed in the production of cellulose, coal, pellets, firewood, among others. The tree crown biomass can be used for power generation. Therefore, it is essential to know the biomass stocks of black-wattle stands in what concerns to their components (crown and stem). The objective of this research was to quantify the biomass stocks of black-wattle stands according to their ages (0 to 2, 2 to 4, 4 to 6 and over 6 years old) and at three different cultivation sites (Cristal, Encruzilhada do Sul and Piratini) in order to verify how these factors interfere in the production of total biomass and in crown and stem biomasses. Thus, commercial stands of the species were sampled. Biomass stocks were obtained through equations found in the literature, which were adjusted to the same database. Estimators for the area unit (hectare) were generated based on the estimates of biomass obtained in the plots. Age and location were factors that influenced in a different way the stocks of total biomass as well as crown and stem biomasses. The locations with the largest stock of total biomass, stem biomass and crown biomass were as follows: for ages 0 to 2 years in Cristal, with 24.10, 15.15 and 8.95 Mg.ha-1, respectively. For ages 2 to 4 years in Piratini, with 61.04, 45.94 and 15.11 Mg.ha-1. For ages 4 to 6 years in Encruzilhada do Sul, with 107.41, 86.91 and 20.50 Mg.ha-1. At last, for over 6 years in Piratini, with 141.71, 117.42 and 24.28 Mg.ha-1.
Keywords: production of biomass, components of biomass, black wattle, cultivation cycle.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.