Scientia Forestalis, volume 40, n. 96
p.537-545, dezembro de 2012

Comparação de programas de secagem para Cumaru (Dipteryx odorata), Jatobá (Hymenaea spp) e Muiracatiara (Astronium lecointei) obtidos por diferentes métodos

Comparision of dry kiln schedules for Cumaru (Dipteryx odorata), Jatoba (Hymenaea spp) and Muiracatiara (Astronium lecointei) obtained by different methods

Jackson Roberto Eleotério1
Cláudia Mariana Kirchheim da Silva2

1Engenheiro Florestal, Professor Doutor, Programa de Pós-Graduação em Engenharia Florestal. - FURB - Universidade Regional de Blumenau Centro de Ciências Tecnológicas, Rua São Paulo, 3250, CEP 89030-000, Blumenau, SC. E-mail: jreleote@furb.br
2Graduanda em Engenharia Florestal, Bolsista do PIBIC/CNPq, Centro de Ciências Tecnológicas, FURB - Universidade Regional de Blumenau Centro de Ciências Tecnológicas, Rua São Paulo, 3250, CEP 89030-000, Blumenau, SC. E-mail: clau_mks6@hotmail.com.

Recebido em 21/12/2011 - Aceito para publicação em 14/10/2012

Resumo

Os programas de secagem convencional de madeira têm como objetivo compatibilizar a qualidade da secagem com o custo e duração do processo. A madeira de diferentes espécies possui características distintas, portanto, não é possível aplicar o mesmo programa para todas as espécies. A finalidade deste trabalho foi comparar os métodos de determinação dos programas de secagem da madeira baseados na secagem drástica e na massa específica básica. Foram utilizadas madeiras de cumaru (Dipteryx odorata), jatobá (Hymenaea sp.) e muiracatiara (Astronium lecointei). Os parâmetros de comparação foram a temperatura e o potencial de secagem em cada uma das fases. O método de determinação do programa de secagem resultou em diferença significativa na temperatura e no potencial de secagem na maioria das fases. Os potenciais de secagem recomendados nos programas elaborados com dados da secagem drástica decrescem em função da redução na umidade da madeira, o contrário foi observado para esta variável nos programas de secagem elaborados em função da massa específica básica.
Palavras-chave: secagem drástica; massa específica; espécies tropicais; secagem convencional.

Abstract

Conventional wood drying schedules are done to match the quality of drying with cost and time of the process. The wood of different species has distinct characteristics, so it is not possible to use the same schedule for all species. The aim of this work was to compare the methods for dry kiln schedules determination based on drastic drying and specific gravity. The species utilized were cumaru (Dipteryx odorata), jatoba (Hymenaea sp.) and muiracatiara (Astronium lecointei). The parameters of comparison were temperature and drying potential in each step. The method of dry kiln schedule determination resulted in distinct temperature and drying potential at most steps. The recommended drying potential in the dry kiln schedules elaborated with drastic drying data decrease with wood moisture content reduction; the opposite was observed for this variable in the dry kiln schedule elaborated according to specific gravity.
Keywords: drastic drying; specific gravity; tropical species, conventional drying.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.