Scientia Forestalis, volume 44, n. 112
p.925-935, dezembro de 2016
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n112.14

Variação genética em caracteres de crescimento em progênies de Dipteryx alata Vog.

Genetic variation in growth traits of Dipteryx alata Vog progenies

Maximiliano Kawahata Pagliarini1
Eliana Cristina Generoso Konrad2
Flaviana Cavalcanti da Silva1
Mayte Sarmpaio Cesário da Silva3
Juliana Prado Moreira1
Aida Sanae Sato4
José Arimatéia Rabelo Machado5
Miguel Luiz Menezes Freitas6
Ananda Virgínia Aguiar7
Mário Luiz Teixeira de Moraes8
Alexandre Magno Sebbenn9

1Doutorando em Agronomia. UNESP - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho / Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira. Av. Brasil 56 – Centro - 15385000 - Ilha Solteira, SP, Brasil. E-mail: maxpagliarini@hotmail.com; flaviana_cavalcanti@hotmail.com; julianapmbio@yahoo.com.br.
2Professor Doutor. Faculdades Adamantinense Integradas. Centro Universitário de Adamantina. Rua 9 de Julho, 730 – Centro - 17800000 - Adamantina, SP, Brasil. E-mail: eliana_generoso@bol.com.br.
3Mestrado em andamento em Engenharia Florestal. UFPR - Universidade Federal do Paraná. Av. Pref. Lothario Meissner, 3400 – Jardim Botânico - 80210-170 – Curitiba, PR – Brasil. E-mail: mahgtm@hotmail.com.
4Pesquisadora Florestal. IF - Instituto Florestal do Estado de São Paulo, Divisao de Dasonomia / Secao de Silvicultura. Rua do Horto - Horto Florestal - 02377000 - São Paulo, SP, Brasil. E-mail: aidasato@if.sp.gov.br.
5Pesquisador Doutor. IF - Instituto Florestal do Estado de São Paulo, Divisao de Florestas e Estacoes Experimentais. Avenida Rodrigues Alves, 38-25 - Horto Florestal - 17030-000 - Bauru, SP - Brasil. E-mail: j.rabelomachado@yahoo.com.br.
6Pesquisador Doutor. IF - Instituto Florestal do Estado de São Paulo, Divisao de Dasonomia / Secao de Silvicultura. Rua do Horto - Horto Florestal - 02377000 - São Paulo, SP, Brasil. E-mail: miguellmfreitas@yahoo.com.br.
7Pesquisador Doutora. Embrapa Florestas. Estrada da Ribeira, km 111 – Caixa Postal - 83411000 - Colombo, PR, Brasil. E-mail: ananda.aguiar@embrapa.br.
8Professor Titular. UNESP - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho / Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira. Av. Brasil 56 – Centro - 15385000 - Ilha Solteira, SP, Brasil. E-mail: teixeira@agr.feis.unesp.br.
9Pesquisador Doutor. IF - Instituto Florestal de São Paulo / Estação Experimental de Tupi. Rodovia Luiz de Queiroz, Km 149,5 – Caixa-postal: 339 - Tupi - 13400-970 - Piracicaba, SP, Brasil.  E-mail: alexandresebbenn@yahoo.com.br.

Recebido em 20/10/2015 - Aceito para publicação em 23/03/2016

Resumo

O objetivo desse trabalho foi estimar a variação genética entre e dentro de progênies de Dipteryx alata, com a finalidade de realizar um desbaste seletivo, visando estabelecer um pomar de sementes por mudas com variabilidade e qualidade genética. O ensaio foi instalado em dezembro de 1986, na Estação Experimental de Pederneiras, no Florestal Estadual de São Paulo, seguindo-se o delineamento de blocos ao acaso, com 25 progênies, cinco repetições e cinco plantas por parcela. O espaçamento utilizado foi o de 3 x 3 m. O teste de progênies foi avaliado aos 25 anos para os caracteres: altura total, diâmetro à altura do peito (DAP), volume real, bifurcação e sobrevivência. Foram realizadas análises de deviance para determinar a variação genética entre e dentro de progênies para os caracteres. As estimativas de componentes de variância e parâmetros genéticos foram obtidas pelo método REML/BLUP (máxima verossimilhança restrita – melhor predição linear não viciada), empregando-se o software genético-estatístico Selegen. Pelo teste da razão de verossimilhança não foram detectadas diferenças significativas entre e dentro de progênies de Dipteryx alata para os caracteres de crescimento, apenas para bifurcação observou-se diferença significativa tanto para o efeito de progênies quanto para o efeito de parcela. As herdabilidades individuais no sentido restrito foram muito baixas para maioria dos caracteres, com exceção da altura (0,27), que por sua vez, apresentou a maior acurácia. Recomenda-se realizar desbaste para eliminar os indivíduos de baixa produção e aumentar a base genética dessa população a partir da introdução de outros genótipos.
Palavras-chave: conservação genética, herdabilidade, produção de sementes florestais, recursos genéticos florestais, variabilidade genética.

Abstract

The aim of this work was to estimate the genetic variation among and within Dipteryx alata progenies to propose a selective logging to establish a seedling seed orchard with variability and genetic quality. The progeny test was established in December 1986 at Pederneiras Experimental Station, São Paulo Forestry Institute, following a randomised block design with 25 progenies, five replications, five plants per plot and 3 x 3 m spacing. The test was measured 25 years after planting for the traits: total height, diameter at breast height (DBH), wood volume, forking and survival. Deviance analyses were performed to determine the genetic variation among and within progenies for growth traits. The variance components and genetic parameters estimates were obtained by REML/BLUP methods (Restricted maximum likelihood/Best linear unbiased prediction) using the Selegen software. Based on likelihood ratio test, no significant differences between and within Dipteryx alata progenies were detected to growth traits, only for forking there was a significant difference in relation to progeny and plot. The individual narrow sense heritability was very low for most of the traits, except for the height (0.27), which in turn, had the highest accuracy. It is recommended to perform a selective logging to eliminate low production trees and increase the genetic basis of this population from the introduction of other genotypes.
Keywords: genetic conservation, heritability, forest seed production, forest genetic resources, genetic variability.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.