Scientia Forestalis, volume 43, n. 107
p.639-646, setembro de 2015

Lasiodiplodia theobromae associated with seeds of Pinus spp. originated from the northwest of Rio Grande do Sul, Brazil

Lasiodiplodia theobromae associada a sementes de Pinus spp. oriundas do noroeste do Rio Grande do Sul, Brazil

Caciara Gonzatto Maciel1
Marlove Fátima Brião Muniz2
Ricardo Mezzomo1
Lia Rejane Silveira Reiniger2

1Doutorando(a) em Engenharia Florestal. UFSM - Universidade Federal de Santa Maria - Departamento de Defesa Fitossanitária. Av. Roraima, 1000 – Camobi - 97105-900 - Santa Maria, RS.
2Professor Doutor. UFSM - Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Ciências Rurais. Av. Roraima, 1000 – Camobi - 97105-900 - Santa Maria, RS.

Recebido em 17/03/2014 - Aceito para publicação em 12/12/2014

Resumo

Lasiodiplodia theobromae é um fungo comumente encontrado associado a sementes, com potencial para ser transmitido para as plântulas. As coníferas de uma maneira geral, quando expostas a condições de stress tornam-se vulneráveis ao ataque deste patógeno. O presente trabalho tem como objetivo avaliar a qualidade sanitária e fisiológica de lotes de sementes de Pinus spp.; verificar a patogenicidade de isolados de Lasiodiplodia sp. obtidos a partir do teste de sanidade e transmissão, e então identificar esses isolados em nível de espécie. O teste de sanidade foi realizado pelo método do “blotter test” e o teste de patogenicidade através do contato das sementes e a cultura fúngica, por 48 horas. Lasiodipodia foi identificado com base em características morfológicas e no seqüenciamento da região ITS, mostrou-se patogênico a P. elliottii e P. taeda, causando podridão de sementes e “damping-off”.
Palavras-chave: patogenicidade, morfologia, ITS.

Abstract

Lasiodiplodia theobromae is a fungus commonly found associated with seeds, with the potential to be transmitted to seedlings. Generally, conifers become vulnerable to attack by the pathogen when exposed to stress conditions. This study aims to assess the sanitary and physiological quality of Pinus spp. seed lots; to verify pathogenicity of Lasiodiplodia sp. obtained from the transmission and sanitary tests, and then to identify these isolates at the species level. The sanitary test was performed through a "blotter test" and the pathogenicity test by contact of the seeds with the fungal culture for 48 hours. Lasiodiploda theobromae was identified based on morphological characteristics and sequencing of the ITS region and proved to be pathogenic to P. taeda and P. elliottii, causing seed rot and "damping-off".
Keywords: patogenicity, morphology, ITS.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.