Scientia Forestalis, volume 45, n. 115
p.581-591, setembro de 2017
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v45n115.15

Desbaste seletivo em teste de procedências e progênies de Astronium fraxinifolium Schott com base na variabilidade genética

Selective thinning in provenance and progeny test of Astronium fraxinifolium Schott based on genetic variability

Maiara Ribeiro Cornacini1
Janaína Rodrigues da Silva1
Kelly Cristina da Luz1
José Cambuim2
Wanderley dos Santos1
Mário Luiz Teixeira de Moraes3
Ananda Virginia de Aguiar4

1Mestre em Agronomia. UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” / FEIS – Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira. Av. Brasil, 56 – Caixa Postal 31 – 15378-000 – Ilha Solteira, SP, Brasil. E-mail: maiara_cornacini@hotmail.com; janainars_t@hotmail.com; kellycristinadaluz@yahoo.com.br; wanderley.dossantos@hotmail.com.
2Doutor em Agronomia. UNESP - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” / FEIS – Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira. Av. Brasil-Centro, 56 - Caixa Postal 31 - 15378-000 – Ilha Solteira, SP, Brasil. E-mail: josecambuim@yahoo.com.br
3Professor Titular do Departamento de Fitotecnia e Tecnologia de Alimentos e Sócio Economia. UNESP - Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” / FEIS – Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira. Av. Brasil-Centro, 56 - Caixa Postal 31 - 15378-000 – Ilha Solteira, SP, Brasil. E-mail: teixeira@agr.feis.unesp.br
4Pesquisadora Doutora. Embrapa Florestas. Estrada da Ribeira, km111 - Câmpus Samambaia - - Caixa-postal: 319 - 83411000 - Colombo, PR, Brasil. E-mail: ananda.aguiar@embrapa.br

Recebido em 29/10/2016 - Aceito para publicação em 13/04/2017

Resumo

O objetivo do trabalho foi propor um desbaste seletivo visando o manejo de um teste de procedências e progênies de Astronium fraxinifolium Schott com base no conhecimento da variabilidade genética, visando a conservação do seu potencial genético para fins comercial e ambiental. O teste foi instalado em 1996 em Selvíria-MS, no delineamento experimental de blocos completos casualizados. Foram usados 60 tratamentos (progênies) sendo 30 da procedência de Ilha Solteira-SP e 30 de Selvíria-MS com cinco repetições, 10 plantas por parcela, no espaçamento de 3 × 1,5 m, em plantio alternado com Jacaranda cuspidifolia Mart. Foram mensurados os caracteres DAP (diâmetro a altura do peito), ALT (altura total da planta), DMC (diâmetro médio de copa), FOR (forma de fuste) aos 18 anos após o plantio e a identificação do sexo das árvores. As estimativas de componentes de variância e parâmetros genéticos foram obtidas via modelo misto REML/BLUP (máxima verossimilhança restrita/melhor predição linear não viciada). Observou-se diferenças significativas entre procedências para os caracteres DAP e ALT, na análise de cada procedência houve diferenças significativas entre e dentro de progênies para todos os caracteres, exceto FOR. O coeficiente de herdabilidade em nível de média de progênies variou de 0,43 (FOR-MS) a 0,78 (DAP-MS) e a herdabilidade individual de 0,08 (FOR-MS) a 0,37 (DAP-MS). A acurácia foi alta (> 0,65) e os coeficientes de variação genética foram maiores que 5,6. As porcentagens de indivíduos em floração nas procedências de Ilha Solteira e Selvíria foram de 11% e 16%, respectivamente, com predominância de indivíduos com flores masculinas. A estratégia de seleção dentro de progênies, com seleção de 50% dos indivíduos com base no caráter DAP, revelou baixos ganhos na seleção, porém é a mais indicada para esse teste, pois possivelmente levará a uma menor alteração da variabilidade genética da população  e diminuirá a probabilidade de cruzamentos entre parentes. Essa proposta de desbaste seletivo é mais adequada visto que a porcentagem de indivíduos em florescimento é baixa, o que inviabiliza a identificação sexual de todos os indivíduos do teste, e, consequentemente, as estimativas mais acuradas de parâmetros genéticos como o tamanho efetivo populacional.
Palavras-chave: Conservação genética. Espécies nativas. Manejo florestal. Gonçalo alves.

Abstract

The objective was to propose a management plan for provenance and progeny tests of Astronium fraxinifolium Schott. It is based on knowledge of genetic variability in an effort to promote the conservation of their genetic potential for commercial and environmental purposes. The test was originally conducted in 1996 in Selvíria, Mato Grosso do Sul (MS) Brazil using an experimental of randomized complete block design. We applied a total of 30 treatments (progenies) of provenance in Ilha Solteira, São Paulo (SP) and 30 treatments of provenance in Selvíria, MS each having five repetitions, 10 plants per plot, spaced 3m × 1.5m in alternate plantings with Jacaranda cuspidifolia. The traits DAP (height/diameter), ALT (total height), DMC (average crown diameter) and FOR (stem form) were measured 18 years after planting and sex of individuals. The estimates of variance components and genetic parameters were obtained by employing mixed models RELM/BLUP (Maximum restricted likelihood / best non-vitiated linear prediction). They detected significant differences among provenances for DAP and ALT. Analysis of each provenance indicated there were significant differences between and within progenies for all the traits, except FOR. The heritability coefficient of average level progenies ranged from 0.43 (FOR-MS) to 0.78 (DAP-MS) and individual heritability from 0.08 (FOR-MS) to 0.37 (DAP-MS). The accuracy was high (> 0.65) and the coefficient of genetic variations were higher than 5.6. From the total number 11% and 16% were flowering from SP and MS provenances, respectively; with a predominance of individuals with male flowers. The selection strategy within progenies, with selection of 50% of the individuals based on the DAP trait, revealed low gains. However, this test is more suitable because it may possibly lead to smaller alterations of the genetic variability of the population and reduce the likelihood of crossings between relatives. Therefore, this proposal for selective thinning is most appropriate because the flowering percentage of individuals is low, making it impractical for the determination of sex of total individuals. Consequently, the estimates of the parameters accurately affect size.
Keywords: Genetic conservation. Native species. Forest management. Gonçalo alves.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.