Scientia Forestalis, volume 46, n. 118
p.297-308, junho de 2018
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v46n118.15

Efeito da espécie e formulação do adesivo nas propriedades de painéis LVL de Eucalyptus dunnii, Eucalyptus saligna e Eucalyptus urograndis

Effect of species and adhesive formulation in the laminated veneer lumber (LVL) OF Eucalyptus dunnii, Eucalyptus saligna and Eucalyptus urograndis

Rosilani Trianoski1
Setsuo Iwakiri2
Erick Kuschik Karam Guerra3
Sandra Kazmierczak4

1Professora Adjunta do Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal. UFPR – Universidade Federal do Paraná. Av. Lothário Meissner 632 - Jardim Botânico -80210170 - Curitiba, PR – Brasil. E-mail: rosillani@gmail.com.
2Professor Titutlar do Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal. UFPR – Universidade Federal do Paraná. Av. Lothário Meissner 632 - Jardim Botânico -80210170 - Curitiba, PR – Brasil. E-mail: setsuo.ufpr@gmail.com.
3Graduando em Engenharia Industrial Madeireira. UFPR – Universidade Federal do Paraná. Av. Lothário Meissner 632 - Jardim Botânico -80210170 - Curitiba, PR – Brasil. E-mail: erickguerra33@gmail.com.
4Mestrado em Ciências Florestais. UNICENTRO - R. Salvatore Renna, 875 - Santa Cruz, Guarapuava - PR, 85015-430. E-mail: sandraferencz@yahoo.com.br.

Recebido em 26/09/2016 - Aceito em 02/08/2017

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar as propriedades de painéis de lâminas paralelas produzidos com diferentes espécies de Eucalyptus e formulações de adesivo fenol-formaldeído. As espécies utilizadas foram o Eucalyptus dunnii, Eucalyptus saligna e Eucalyptus urograndis, provenientes de plantio florestal localizado em Bituruna-PR, e as formulações do adesivo foram preparadas para teores de sólidos de 47% (A), 45% (B), 36% (C) e 29% (D). O plano experimental consistiu num delineamento inteiramente casualizado em arranjo fatorial (3x4), sendo três espécies e quatro formulações, totalizando 12 tratamentos. Os resultados indicaram que todas as espécies possuem potencial para a produção de painéis de lâminas paralelas, com destaque para o E. saligna. Em relação às diferentes formulações, constatou-se que a redução do teor de sólidos das batidas de cola não diminuiu a resistência mecânica acentuadamente, permitindo desta forma, maximizar os custos produtivos com adesivo.
Palavras-chave: Lâminas de madeira, adesivo fenol-formaldeído, qualidade de colagem.

Abstract

The objective of this study was to evaluate the properties of laminated veneer lumber produced with different species of Eucalyptus and phenol-formaldehyde adhesive formulations. The species used were Eucalyptus dunnii, Eucalyptus saligna and Eucalyptus urograndis, collected from forest plantation located in Bituruna-PR and the adhesive formulations were prepared at solids contents of 47% (A), 45% (B ), 36% (C) and 29% (D). The experimental design consisted of a completely randomized design in a factorial arrangement (3x4), being three species and four formulations, totaling 12 treatments. The results indicated that all species have potential for the production of laminated veneer lumber, especially the E. saligna. Regarding the different formulations, it was found that the reduction of the solids content of the glue beats did not decrease the mechanical resistance, thus, allowing to maximize the production costs with adhesive.
Keywords: Wood veneer, phenol formaldehyde adhesive, bonding quality.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.