Scientia Forestalis, volume 44, n. 110
p.443-451, junho de 2016
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n110.17

A Influência da declividade do terreno e do tempo de experiência dos operadores no rendimento do feller buncher

Terrain slope and operators experience time influence on feller buncher yield

Ricardo Hideaki Miyajima1
Rodrigo Petrongari Tonin1
José Raimundo de Souza Passos2
Paulo Torres Fenner3

1Doutorado em andamento em Ciência Florestal. UNESP - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/ FCA - Faculdade de Ciências Agronômicas. Rua José Barbosa de Barros, 1780-  18610-307 - Botucatu, SP, Brasil. E-mail: richidetoshimiyajima@hotmail.com; rptonin@fca.unesp.br.
2Professor Assistente Doutor do Departamento de Bioestatística. UNESP - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/ FCA - Faculdade de Ciências Agronômicas. Rua José Barbosa de Barros, 1780-  18610-307 - Botucatu, SP, Brasil. E-mail: jrpassos@ibb.unesp.br.
3Professor Adjunto Departamento de Ciências Florestais. UNESP - Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho/ FCA - Faculdade de Ciências Agronômicas. Rua José Barbosa de Barros, 1780-  18610-307 - Botucatu, SP, Brasil. E-mail: fenner@fca.unesp.br.

Recebido em 22/07/2015 - Aceito para publicação em 10/12/2015

Resumo

A declividade do terreno e o tempo de experiência dos operadores afetam significativamente o rendimento e, por consequência, os custos da colheita de madeira, que é uma das atividades mais onerosas da cadeia produtiva de florestas plantadas. Foi estudado um sistema de colheita de arvores inteiras (full tree) comparando o rendimento do feller buncher em função da declividade do terreno e do tempo de experiência dos operadores. A floresta clonal de eucalipto, foi plantada com um espaçamento de plantio de 3,00 m x 2,00 m e no momento da colheita estava com 6 anos de idade. Os dados foram obtidos por meio de um estudo de tempos e rendimentos, pelo método do tempo contínuo. Foram determinados o rendimento, a eficiência operacional e o tempo efetivo médio do ciclo. O rendimento médio da colheita com o feller buncher diminuiu com o aumento da declividade do terreno. Em média o rendimento na declividade ondulada foi de 124,92 m³ h-1, e na declividade plana foi de 142,00 m³ h-1. O ganho de rendimento, quando comparada à declividade plana em relação a declividade ondulada, foi de 16,60% para o operador 2 e de 19,93% para o operador 3. Independentemente do tempo de experiência dos operadores, o rendimento foi maior no terreno plano em relação ao ondulado. Independentemente da declividade do terreno o rendimento aumentou com o aumento do tempo de experiência dos operadores. A eficiência operacional foi maior na declividade plana em relação a ondulada. A atividade parcial cortar foi a que mais consumiu tempo, seguido do giro vazio e da basculada.
Palavras-chave: colheita florestal, eucalipto, rendimento, planejamento, tempos e rendimentos.

Abstract

Terrain slope and operators time of experience significantly affect yield and, consequently, wood harvesting costs, which is one of the most costly activities of productive chain of planted forests. A full tree harvesting system was studied by comparing the performance of feller buncher according to the direction of slope and operators time of experience. A clonal eucalyptus forest was studied with a planting spacing of 3.00 m x 2.00 m and the forest was six years old at harvesting time. Data were obtained through a study of times and yields, by the continuous time method. Determined were yield, operational efficiency and the effective average cycle time. The average yield of feller buncher decreased with the increase of the terrain slope. On average, the yield was 124.92 m³ h-1 for the wavy slope and was 142.00 m³ h-1 for the flat slope. Yield was greater when comparing flat slope to wavy slope; it was 16.60% for the operator 2 and 19.93% for the operator 3. Regardless of the operators time of experience the yield was higher on the flat terrain when compared to wavy terrain. Regardless of terrain slope yield increased with increasing operator’s time of experience. In flat slope the operational efficiency was higher when compared to the wavy one. Partial activity cutting was the most time consuming, followed by empty turning and tilting.
Keywords: Harvesting, eucalyptus, yield, planning, time and yields.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.