Scientia Forestalis, volume 44, n. 111
p.709-717, setembro de 2016
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n111.17

Potencial de uso de madeiras de Dinizia excelsa Ducke e Protium puncticulatum J.F.Macbr para produção de painéis EGP

Potential use of the wood of Dinizia excelsa Ducke and Protium puncticulatum J.F.Macbr for manufacture of EGP panels

Setsuo Iwakiri1
Rosilani Trianoski2
Ana Paula Namikata Fonte3
Morgana Cristina França4
Pâmela Caroline Lau3
Richard Molleken3

1Professor titular do Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal. UFPR - Universidade Federal do Paraná. Av. Lothário Meissner, 3400 - Jardim Botânico -80210170 - Curitiba, PR, Brasil. E-mail: setsuo.ufpr@gmail.com.
2Professora Ajunta do Departamento de Engenharia e Tecnologia Florestal. UFPR - Universidade Federal do Paraná. Av. Lothário Meissner, 3400 - Jardim Botânico -80210170 - Curitiba, PR, Brasil. E-mail: rosilani@ufpr.br.
3Mestranda em Tecnologia da Madeira. UFPR - Universidade Federal do Paraná. Av. Lothário Meissner, 3400 - Jardim Botânico -80210170 - Curitiba, PR, Brasil. E-mail: ana.namikata@gmail.com; pamela.lau@hotmail.com; richard_molleken@hotmail.com.
4Doutoranda em Tecnologia da Madeira. UFPR - Universidade Federal do Paraná. Av. Lothário Meissner, 3400 - Jardim Botânico -80210170 - Curitiba, PR, Brasil. E-mail: morganaa_franca@hotmail.com.

Recebido em 22/09/2015 - Aceito para publicação em 12/02/2016

Resumo

Avaliar a qualidade de colagem de madeiras de espécies tropicais é de grande importância para o aproveitamento de peças de pequenas dimensões, provenientes do desdobro de toras, visando a produção de produtos colados de madeira. Este trabalho teve como objetivo avaliar a resistência de juntas coladas de madeiras de Dinizia excelsa (Angelim vermelho) e Protium puncticulatum (Breu vermelho) com adesivos poliacetato de vinila (PVAc) das classes D3 e D4, melamina-ureia-formaldeído (MUF) e emulsão polimérica de isocianato EPI visando a produção de painéis EGP. Entre as espécies estudadas, a Dinizia excelsa apresentou maior resistência ao cisalhamento, mas apenas no teste seco. Não foram constatadas diferenças significativas entre os adesivos. Os resultados dos ensaios a seco demonstraram a viabilidade de uso da madeira de Dinizia excelsa e Protium puncticulatum para produção de painéis colados lateralmente (EGP), com os adesivos PVA, EPI e MUF, para uso interno. Nos ensaios a úmido, as juntas coladas de Dinizia excelsa com adesivo EPI e Protium puncticulatum com adesivo PVA D3, apresentaram indicativos para uso externo, sem contato direto com a água.
Palavras-chave: madeiras tropicais, painéis EGP, adesivo PVAc.

Abstract

Evaluating the bonding quality of tropical wood species is of great importance for the utilization of small pieces from sawing logs, aimed at producing glued wood products. This study aimed to evaluate the strength of the wood bonded joints of Dinizia excelsa (Angelim vermelho) and Protium puncticulatum (Breu vermelho) with vinyl polyacetate (PVAc) classes D3 and D4, melamine-urea-formaldehyde (MUF) and emulsion polymer isocyanine (EPI) for EGP production. Among the studied species, Dinizia excelsa showed higher shear strength in the dry test. There were no significant differences between the different kinds of adhesives. The results of the dry test showed the feasibility of using wood of Dinizia excelsa and Protium puncticulatum of EGP with PVA, EPI and MUF adhesives, destinated to internal applications. In the wet test, the bonded joints of Dinizia excela with EPI and Protium puncticulatum with PVA D3, showed feasibility to exterior uses without direct contact with the water.
Keywords: tropical wood, edge glued panel, PVAc adhesive.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.