Scientia Forestalis, volume 46, n. 120
dezembro de 2018
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v46n120.18

Desempenho Silvicultural de Jacaranda copaia (Aubl.) D. Don sob Diferentes Espaçamentos no Oeste do Estado do Pará

Performance Silvicultural Jacaranda copaia (Aubl.) D. Don Spacings Under Different in the West of Pará State

Arllen Élida Aguiar Paumgartten1
Alberto Bentes Brasil Neto2
Vanessa Gomes de Sousa3
Silvio Brienza Junior3
Jorge Alberto Gazel Yared4

1Instituto Federal do Pará – IFPA. Breves / PA, Brasil.
2Instituto Federal do Pará – IFPA. Óbidos / PA, Brasil.
3Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Amazônia Oriental. Belém / PA, Brasil.
4Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária – Embrapa Amapá. Macapá / AP, Brasil.

Recebido em 14/09/2017 - Aceito em 27/03/2018

Resumo

O objetivo desse estudo foi avaliar o desempenho silvicultural da espécie amazônica Jacaranda copaia em plantio homogêneo, sob diferentes espaçamentos entre plantas em diferentes idades, no Oeste do Estado do Pará. Foram instalados no Campo Experimental da Embrapa Amazônia Oriental no município de Belterra, Oeste do Pará, quatro tratamentos, referentes aos diferentes espaçamentos entre plantas: 3m x 2m; 3m x 3m; 3m x 4m e 4m x 4m. As variáveis utilizadas para avaliar o desempenho silvicultural foram: sobrevivência, altura total, diâmetro à altura do peito, área basal, volume por árvore e volume por unidade de área. O povoamento de Jacaranda copaia apresentou elevada sobrevivência independentemente da densidade populacional, que não influenciou o desempenho nessa variável e em altura total. No entanto, para a variável diâmetro houve aumento significativo à medida que o espaço entre plantas era ampliado. A maior densidade de indivíduos promoveu a maior produção em área basal, volume de madeira por hectare e incremento volumétrico. O desempenho silvicultural da espécie nos espaçamentos 3m x 3m e 3m x 4m apresentou semelhança na maioria das variáveis e idades estudadas, com bom desempenho em área basal e Incremento Médio Anual.
Palavras-chave: espécie amazônica, reflorestamento, densidade de plantio.

Abstract

The aim of this study was to evaluate the silvicultural performance of the Jacaranda copaia in homogeneous plantation, under different spacing between plants at different ages, in the West of the State of Pará. They were installed in the Experimental Field of Embrapa Amazônia Oriental in the municipality of Belterra, Pará, four treatments, referring to the different spacings between plants: 3m x 2m; 3m x 3m; 3m x 4m and 4m x 4m. The variables used to evaluate the silvicultural performance were: survival, total height, diameter at breast height, basal area, volume per tree and volume per unit area. The Jacaranda copaia stand presented high survival and the population density did not influence the performance in this variable and in total height, however for the variable diameter there was a significant increase as the space between plants was enlarged. The higher density of individuals promoted the higher production in basal area, wood volume per hectare and volumetric increase. The silvicultural performance of the species at 3m x 3m and 3m x 4m spacings showed similarity in most variables and ages studied, with good performance in basal area and Average Annual Increase.
Keywords: amazonian species, reforestation, planting density.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.