Scientia Forestalis, volume 43, n. 105
p.193-201, março de 2015

Dinâmica florestal, estoque de carbono e fitossociologia de uma floresta densa de  terra-firme na Amazônia Central

Forest dynamic, carbon stock and phytosociology of terra firme dense  forest in Central Amazonia

Kátia Emídio da Silva1
Cintia Rodrigues de Souza1
Celso Paulo de Azevedo1
Luiz Marcelo Brum Rossi1

1Pesquisadora Doutora. Embrapa Amazônia Ocidental - Manaus/AM. E-mail: katia.emidio@embrapa.br; cintia.souza@embrapa.br; azevedo@embrapa.br; celso.azevedo@embrapa.br; marcelo.rossi@embrapa.br.

Recebido em 29/04/2014 - Aceito para publicação em 05/12/2014

Resumo

Estudos sobre dinâmica florestal, estoques de carbono e florística são essenciais para embasar adequadamente o manejo sustentável e a conservação da floresta amazônica. Este trabalho teve como objetivo avaliar a  dinâmica florestal, em termos de incrementos, ingressos e mortalidades, estoque de carbono, e descrever a composição florística e estrutura horizontal de uma floresta densa de terra-firme no município de Rio Preto da Eva/AM. Os inventários florestais foram realizados nos anos de 2005, 2007 e 2010, em 15 parcelas permanentes de 1 hectare cada, onde foram mensuradas todas as árvores com DAP maior ou igual a 10 cm. Foram identificadas 264 espécies, pertencentes a 53 famílias. Grande parte dos indivíduos concentra-se em poucas espécies, tais como Protium hebetatum Daly, Eschweilera coriacea (DC.) S.A. Mori e Licania oblongifolia Standl., que somaram 21%  do total de indivíduos. As famílias Sapotaceae, Lecythidaceae e Burseraceae somaram 39% do número total de indivíduos. Observou-se que 49% das espécies ocorrem na área com apenas um indivíduo, podendo-se citar Dinizia excelsa Ducke, Dipterix odorata (Aubl.) Willd., Parkia pendula (Willd.) Walp., Virola pavonis (A. DC.) A.C.S. e Goupia glabra Aubl. Estas espécies merecem especial atenção em locais com semelhante estrutura, a fim de evitar a extinção local de tais espécies.  As taxas de ingresso foram superiores à mortalidade, e a floresta apresentou estoque de carbono crescente entre 2005 e 2010.
Palavras-chave: Estrutura florestal; Manejo florestal; Amazônia.

Abstract

Studies on forest dynamics, carbon stocks, structure and floristic composition are essential to properly determine a sustainable forest management and conservation of the Amazonian rainforest. This study aimed to assess the increments, ingrowth and mortalities (forest dynamics), floristic composition, structure and carbon stocks in a terra firme dense forest in Rio Preto da Eva, Amazonas State. Forest inventories were conducted in 2005, 2007 and 2010 in 15 permanent plots of 01 hectare each. All trees with DBH larger than 10 cm were measured. 264 species were identified belonging to 53 families. Most individuals are concentrated in few species, such as Protium hebetatum Daly, Eschweilera coriacea (DC) SA Mori and Icania oblongifolia Standl, which counted 21% of the individuals total number. The Sapotaceae, Burseraceae, and Lecythidaceae families represented 39 % of individuals’ total number. It was observed that 49 % of the species occur in the area with only one individual, such as Dinizia excelsa Ducke, Dipterix odorata (Aubl.) Willd., Parkia pendula (Willd.) Walp., Virola pavonis (A. DC.) A.C.S. and Goupia glabra. These species deserve special attention, in order to avoid local extinctions. The ingrowth rates were higher than mortality; the forest increased its carbon stocks between 2005 and 2010.
Keywords: Forest structure; Forest management; Amazon.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.