Scientia Forestalis, volume 44, n. 111
p.729-738, setembro de 2016
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n111.19

Pruning effect in Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla clone growth

Efeito da desrama no crescimento de clone de Eucalyptus grandis x Eucalyptus urophylla

Antonio Carlos Ferraz Filho1
Blas Mola-Yudego2
José Ramón González-Olabarria3
José Roberto Soares Scolforo1

1PhD Docent at Department of Forest Science.  UFLA - Universidade Federal de Lavras. Postal Code 3037 – Centro - 37200000 - Lavras, MG, Brasil. E-mail: acferrazfilho@gmail.com; jscolforo@dcf.ufla.br.
22PhD Res Prof. Norwegian Institute of Bioeconomy Research (NIBIO), PO Box 115, 1431, Norway. / University of Eastern Finland, School of Forest Sciences. PO Box 111, FI-80101, Joensuu, Finland. E-mail: blas.mola@uef.fi.
3Researcher. Forest Sciences Centre of Catalonia (CTFC-CEMFOR), Ctra. de St. Llorenç de Morunys, km 2, 25280 Solsona, Spain. E-mail: jr.gonzalez@ctfc.es.

Recebido em 04/05/2015 - Aceito para publicação em 19/02/2016

Resumo

O objetivo deste trabalho é avaliar o nível de desrama que não afeta o crescimento da árvore, aumentando a produção de madeira livre de nós com apenas uma aplicação de desrama na idade de 1,3 anos. O experimento foi desenvolvido no município de Aracruz, estado do Espírito Santo, Brasil. As intensidades de desrama testadas foram: 40%, 55%, 70% e 85% da altura total da árvore desramada, bem como uma testemunha não desramada. Os resultados obtidos três anos após a desrama mostraram que é possível atingir até 70% da altura da árvore desramada (altura desramada média de 7,3 m) em uma única operação sem afetar o tamanho das 700 árvores com maior diâmetro por hectare. Desramas de alta intensidade (85%) resultaram em efeitos negativos no crescimento. Desramas de baixa intensidade (40%) apresentaram efeito moderado no crescimento, possivelmente devido à exposição aos efeitos negativos da remoção de área foliar sem se beneficiar dos efeitos positivos nas características do dossel. Por fim, este trabalho discute diferentes regimes de desbaste e sua implicação no regime de desrama. Os resultados desta pesquisa podem contribuir para melhorar o manejo de plantios de espécies de rápido crescimento para produção de madeira sólida.
Palavras-chave: modelos de crescimento e produção; manejo florestal; plantios de rápido crescimento; madeira livre de nós; remoção de área foliar.

Abstract

The objective of this paper is to determine the pruning level that does not affect tree growth, increasing the amount of clear wood production in a single lift at age 1.3 years. The experiment was developed in the municipality of Aracruz, Espírito Santo state, Brazil. The pruning intensities considered were: 40%, 55%, 70% and 85% of the total tree height, as well as no pruning for control. The results obtained three years after pruning showed that it is possible to reach up to a 70% of total tree height pruned (mean pruned height of 7.3 m) in a single pruning lift without affecting the size of the 700 largest trees per hectare in diameter. High intensity pruning (85%) translated into negative effects on tree growth. Low intensity pruning (40%) also had moderate effects on growth, possibly due to exposure of negative effects of leaf area removal without benefiting from the positive effects on canopy characteristics. Finally, the paper discusses different thinning regimes and its implications on the pruning regime. The results of this research can contribute to improve the management of fast growing plantations for timber production.
Keywords: growth and yield models; forest management; fast growing plantations; clear wood; leaf area removal.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.