Scientia Forestalis, volume 44, n. 109
p.215-230, março de 2016
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n109.21

Biomassa, trocas gasosas e aspectos nutricionais de plantas jovens de pau de balsa (Ochroma pyramidale (Cav. Ex Lamb.) Urb.) submetidas à fertilização fosfatada em ambientes contrastantes de irradiância

Biomass, gas exchange and nutritional aspects of young plants of Balsa Wood (Ochroma pyramidale (Cav. Ex Lamb.) Urb.) subjected to phosphorus fertilization in contrasting irradiance environments

Hellen Fernanda Viana Cunha1
José Francisco de Carvalho Gonçalves2
Ulysses Moreira dos Santos Junior3
Marciel José Ferreira4
Paulo Henrique Pereira Peixoto5

1Mestre em Ciências de Florestas Tropicais. INPA - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Av. André Araújo, 2936 - 69060-001 – Manaus, AM, Brasil. E-mail: hfcunha.florestal@gmail.com
2Doutor em Fisiologia Vegetal. INPA - Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Caixa Postal 478 - 69011-970 - Manaus, AM, Brasil. E-mail: jfc@inpa.gov.br * autor para correspondência
3Doutor em Ciências de Florestas Tropicais. INPA- Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia. Caixa Postal 478 - 69011-970 - Manaus, AM, Brasil. E-mail: santosjunior.ulysses@gmail.com
4Doutor em Ciências de Florestas Tropicais. UFAM - Universidade Federal do Amazonas. Avenida Gal. Rodrigo Otávio Jordão Ramos, 3000 - 69077-000 - Manaus, AM, Brasil. E-mail: marciel@ufam.edu.br
5Doutor em Fisiologia Vegetal. UFJF - Universidade Federal de Juiz de Fora / Campus Universitário - 36.036-900 - Juiz de Fora, MG, Brasil. E-mail: paulo.peixoto@ufjf.edu.br

Recebido em 04/11/2014 - Aceito para publicação em 20/08/2015

Resumo

A intensidade de irradiância e o fornecimento de nutrientes afetam a assimilação de carbono e alteram o ganho e a partição de biomassa das plantas. O objetivo desta pesquisa foi investigar o crescimento e a fotossíntese em plantas jovens de Ochroma pyramidale submetidas a ambientes contrastantes de luz e de fertilização fosfatada. Plantas jovens de Ochroma pyramidale foram expostas a dois níveis de irradiância (baixa: 10 a 15 e alta: 1200 a 1400 μmol fótons m-2 s-1) e a dois níveis de fertilização fosfatada (0 e 1 mM de KH2PO4), durante 160 dias. O delineamento experimental utilizado foi o inteiramente casualizado em esquema fatorial (2x2), com 10 repetições. O maior crescimento em altura e em diâmetro foi observado nas plantas de O. pyramidale fertilizadas com fósforo e submetidas à alta irradiância. Quanto à alocação de massa seca, plantas sob alta irradiância investiram mais em fração de massa radicular e as plantas sob baixa irradiância em fração de massa foliar. Para os teores foliares de P, as plantas fertilizadas com P exibiram valores 137 e 54% superiores às plantas não fertilizadas com P, sob alta e baixa irradiância, respectivamente. A ausência de P na fertilização promoveu intensa redução na eficiência fotoquímica do fotossistema II bem como nas taxas fotossintéticas. A maior produção de biomassa e assimilação de carbono nas plantas com fósforo sob maior nível de irradiância sugerem que plantas de O. pyramidale possuem mecanismos funcionais para exibir melhor desempenho funcional e de crescimento em áreas abertas (alta irradiância), típicas de plantios florestais ou de ambientes em processo de recuperação.
Palavras-chave: crescimento, fotossíntese, luz, fósforo.

Abstract

The irradiance and nutrient supply affect the assimilation of carbon and influence the gain and biomass partition. The aim of this research was to investigate the growth and photosynthesis in young plants of Ochroma pyramidale subjected to contrasting light environments and phosphorus fertilization. Young plants of O. pyramidale were exposed to two irradiance levels (Low: 10 to 15 and High: 1200 to 1400 μmol m-2 s-1) and two levels of P fertilization (0 and 1 mM as KH2 PO4) for 160 days. The experimental design was a completely randomized in factorial arrangement (2 x 2), with 10 replications. The greatest growth in height and diameter was observed in plants fertilized with phosphorus and under high irradiance. Concerning the allocation of dry mass, plants under high irradiance invested more in root mass ratio and plants under low irradiance in leaf mass ratio. For foliar P content, the plants fertilized with P exhibited values 137 and 54% higher than the plants not fertilized with P, under high and low irradiance, respectively. The absence of P fertilization promoted intense reduction in the efficiency of electron transport, as demonstrated by the values of photochemical efficiency of photosystem II, and photosynthetic rates. The greatest biomass production and higher photosynthetic rates in plants fertilized with phosphorus and under higher irradiance suggest that O. pyramidale plants have appropriate functional mechanisms to show a better growth and physiological performance in open fields (high irradiance), common in forest plantations or environments in recovery process.
Keywords: growth, photosynthesis, light, phosphorus.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.