Scientia Forestalis, volume 43, n. 108
p.993-1001, dezembro de 2015
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v43n108.22

Caracterização de pisos de madeira de araucária atacada por cupins de madeira seca

Characterization of Brazilian Araucaria wood flooring attacked by dry-wood termites

Rafael de Avila Delucis1
William Gamino Gutts2
Pedro Henrique Gonzalez de Cademartori3
André Luiz Missio4
Darci Alberto Gatto5

1Doutorando em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais. UFRGS – Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Av. Bento Gonçalves, 9500 – Setor 4 – Prédio 74 – Campus do Vale – 91501-970 - Porto Alegre, RS E-mail: r.delucis@hotmail.com
2Mestrando em Ciência e Engenharia de Materiais. UFPEL – Universidade Federal de Pelotas. Rua Conde de Porto Alegre, 793 – Centro – 96010-290 – Pelotas, RS. – E-mail: william_guths@hotmail.com
3Doutorando em Engenharia Florestal.  UFPR – Universidade Federal do Paraná. Av. Prefeito Lothario Meissner – Jd. Botânico – 80210-170 – Curitiba, PR. E-mail: pedrocademartori@gmail.com
4Doutorando em Engenharia Florestal. UFSM – Universidade Federal de Santa Maria. Av. Roraima, 1000 – Camobi – 97105-900 – Santa Maria, RS. E-mail: andreluizmissio@gmail.com
5Professor Adjunto. UFPEL – Universidade Federal de Pelotas – Engenharia Industrial Madeireira. Rua Conde de Porto Alegre, 793 – Centro – 96010-290 – Pelotas, RS. E-mail: darcigatto@yahoo.com

Recebido em 20/08/2014 - Aceito para publicação em 16/06/2015

Resumo

O presente estudo objetivou caracterizar a madeira de Araucaria angustifolia utilizada como assoalho em um prédio histórico do município de Pelotas, Rio Grande do Sul, atacada por cupins de madeira seca. Foram empregados os ensaios não destrutivos de colorimetria, análise visual com atribuição de notas em razão do nível de deterioração, a massa específica aparente a 12% e propagação de ondas de ultrassom. Adicionalmente, foram avaliadas propriedades mecânicas por meio do teste de resistência ao impacto. O critério de notas foi eficiente para caracterizar o nível de degradação da madeira de araucária, indicando que a maioria dos corpos de prova amostrados encontravam-se em um estado intermediário de degradação (Nota 7). A massa específica aparente a 12% não se mostrou um critério interessante para essa caracterização. Dentre as propriedades da madeira analisada, as mecânicas obtidas pelo ensaio de resistência ao impacto foram as que sofreram maior declínio em razão do ataque dos cupins de madeira seca.
Palavras-chave: biodeterioração, térmitas, durabilidade natural, colorimetria, resistência ao impacto.

Abstract

This study aimed to characterize Araucaria angustifolia wood flooring attacked by dry-wood termites, from a historic building in the city of Pelotas, Rio Grande do Sul State. Non-destructive colorimetric tests; visual analysis with attribution of grades of level of deterioration, apparent specific gravity at 12% and ultrasound were performed. Moreover, mechanical properties at impact bending were determined. The main findings showed that attribution of grades was efficient to characterize the level of Araucaria wood deterioration, since most samples presented an intermediary level of deterioration (grade 7). In this context, apparent specific gravity at 12% was not a good property to characterize the level of deterioration. Among the properties analysed, impact bending strength presented the highest loss related to the attack by termites.
Keywords: bio-deterioration, termites, natural durability, colorimetric, impact bending strength.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.