Scientia Forestalis, volume 43, n. 105
p.225-233, março de 2015

Modelagem da biomassa e do estoque de carbono em plantas jovens de Eucalyptus

Modeling of biomass and carbon stock in young Eucalyptus

Maíra Reis de Assis1
Paulo Fernando Trugilho2
Sebastião Carlos da Silva Rosado2
Thiago de Paula Protasio3
Selma Lopes Goulart4

1Doutoranda em Ciência e Tecnologia da Madeira. UFLA - Universidade Federal de Lavras. Caixa Postal 3037 -37200-000, Lavras – MG. E-mail: maira1403@yahoo.com.br.
2Professor Doutor Associado. UFLA - Universidade Federal de Lavras. Caixa Postal 3037 -37200-000, Lavras – MG. E-mail trugilho@dcf.ufla.br; scrosado@ufla.br.
3Mestre. Professor Temporário. UFG - Universidade Federal de Goiás. Regional Jataí, Câmpus Jatobá. Caixa Postal 3 - Rodovia BR-364, km 192 - Parque Industrial -75801-615,  Jataí – GO. E-mail: depaulaprotasio@gmail.com.
4Pós-Doutora em Ciência e Tecnologia da Madeira,  UFLA - Universidade Federal de Lavras. Caixa Postal 3037 -37200-000, Lavras – MG. E-mail: lopesgoulart@yahoo.com.br.

Recebido em 24/02/2014 - Aceito para publicação em 16/12/2014

Resumo

O objetivo do trabalho foi ajustar modelos de regressão para estimativa de biomassa seca e estoque de carbono total, por material genético e idade em Eucalyptus, considerando diferentes estádios iniciais de desenvolvimento da planta. O experimento foi conduzido com sete materiais genéticos de Eucalyptus, sendo o Eucalyptus urophylla, Eucalyptus grandis e Corymbia citriodora provenientes de sementes e os clones GG100, AEC144, 7085 e 58. Foram realizadas avaliações nas plantas antes do plantio, aos dois, quatro, seis, oito e 12 meses de idade. Em todas as idades foram obtidos o diâmetro na altura do coleto e comprimento da parte aérea da planta. A biomassa de cada planta foi separada em tronco, folhas e raiz, sendo cada compartimento seco em estufa para determinação da massa seca e carbono total. Determinou-se o teor de carbono elementar, por compartimento da planta, e a densidade básica do caule. Foram testados modelos não lineares, lineares simples e múltiplos para a estimativa de biomassa seca e carbono total, por material genético e idade. As características avaliadas nas plantas apresentaram uma tendência de aumento com a idade, sendo observado um comportamento típico, de acordo com o material genético. Os modelos, para os diferentes materiais genéticos e idades, apresentaram altos ajustes e precisão. Verificou-se que cada material genético e cada idade apresentou comportamento particular de produção de biomassa seca e estoque de carbono total, não sendo possível selecionar um modelo comum que representasse todos eles. As diferenças identificadas quanto à produção de biomassa dos materiais genéticos de Eucalyptus no primeiro ano de cultivo sugerem a possibilidade de seleção de genótipos para condições distintas de plantio.
Palavras-chave: Modelos; Idade; Carbono; Reflorestamento.

Abstract

The aim of the present research was to test regression models in order to estimate the dry biomass and total carbon storage according to genetic material and age in Eucalyptus, at different initial development stages of the plant. The experiment was conducted with genetic materials of Eucalyptus, in which Eucalyptus urophylla, Eucalyptus grandis and Corymbia citriodora came from seeds and GG100, AEC144, 7085 and 58 were clones. Plants were evaluated before plantation, at two, four, six, eight and 12 months. The diameter at collar height and the length of the aerial part of the plant were obtained in all ages. The biomass of each plant was separated in bulk, leaves and root, and each compartment was dried in stove in order to determine the dry mass and total carbon. The content of elementary carbon was determined by part of the plant, as well as the basic density of the bulk. In order to estimate the dry biomass and total carbon per genetic material and age, non-linear models and simple and multiple linear models were tested. The characteristics evaluated on the plants tended to increase with age, and a typical behavior was observed according to the genetic material. Models fitted for different genetic materials and ages presented, in general, good adjustment and precision. When adjusting regression models each genetic material and age presented a singular behavior of dry biomass production and total carbon storage, thus it was not possible to select a common model that represented all of them. Differences identified in the production of biomass of genetic materials of Eucalyptus in the first year suggest the possibility of selecting genotypes for distinct conditions of plantation.
Keywords: Models; Age; Carbon; Reforestation.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.