Scientia Forestalis, volume 44, n. 109
p.241-248, março de 2016
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n109.23

Ganho esperado na seleção de progênies de polinização aberta de Euterpe oleracea para produção de frutos

Expected gain to fruit yield by selection in the open-pollinated progenies of the Euterpe oleracea

Gilberto Ken Iti Yokomizo1
João Tomé de Farias Neto2
Maria do Socorro Padilha de Oliveira2

1Pesquisador Doutor. Embrapa Amapá. Rod Juscelino Kubitschek nº 2600 Universidade - 68900-000 - Macapá, AP, Brasil. E-mail: gilberto.yokomizo@embrapa.br
2Pesquisador Doutor. Embrapa Amazonia Oriental. Travessa Dr. Eneas Pinheiro S/N – 66095100 - Belém, PA, Brasil. E-mail: joao.farias@embrapa.br; socorro-padilha.oliveira@embrapa.br

Recebido em 16/01/2015 - Aceito para publicação em 19/10/2015

Resumo

O objetivo do trabalho foi o de selecionar as melhores progênies de Euterpe oleracea, pelo programa computacional SELEGEN, protoloco REML/BLUP, para comporem uma população recorrente de melhoramento para formação de pomares de sementes por mudas ou clonal. Cinqüenta progênies no delineamento experimental de dois látices 5 x 5 com duas repetições e cinco plantas por parcela no espaçamento de 5 x 5 m foram avaliadas no município de Tomé-Açu, região nordeste do Pará. A variabilidade genética com base no coeficiente de herdabilidade individual foi baixa para número de cachos (0,09), mediana para produção de frutos (0,23) e altas para peso médio do cacho (0,65), peso do cacho vazio (0,70) e comprimento da ráquis (0,51). A correlação genética entre produção de frutos e peso de cem frutos foi de baixa magnitude (0,28) sugerindo a possibilidade de combinar estes caracteres por seleção. Ganhos genéticos nas duas formas de propagação foram elevados, mas a propagação assexuada apresenta-se como uma alternativa mais favorável à obtenção de maiores ganhos na seleção em produção de frutos (29,1%) que a sexual (21,4%).
Palavras-chave: genética quantitativa; modelos lineares; predição de valores genéticos; REML/BLUP.

Abstract

The objective of this work was to select the best Euterpe oleracea progenies by the computer program SELEGEN, protocol and REML / BLUP, to compose a recurrent population for improvement for the formation of seedlings or clonal seed orchards. Fifty progenies in experimental design with two lattices 5 x 5 with two replications and five plants per plot in the spacing of 5 x 5 m were evaluated in the Tomé-Açu city, northeastern Pará State. The genetic variability based on individual heritability coefficient was low for number of clusters (0.09), median for fruit yield (0.23) and high for average  bunch weight (0.65), weight of the empty bunch (0.70) and rachis length (0 51). The genetic correlation between fruit yield and one hundred fruits weight showed a low magnitude (0.28) suggesting the possibility of combining these characters for selection. Genetic gains in two ways propagation were high, but asexual propagation is presented as a more favorable alternative to obtaining higher gains in fruit production by selection (29.1%) than sexual propagation (21.4%).
Keywords: quantitative genetics, linear models, prediction of genetic values, REML/BLUP.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.