Edição 109 – 6 de novembro de 2019_

IPEF apresenta a primeira plantadora
florestal semiautônoma do Brasil!

Durante a 11ª edição da Reunião de Filiadas do Programa Cooperativo sobre Mecanização e Automação Florestal (PCMAF) do IPEF, realizada nas áreas da Suzano (Três Lagoas, MS), um dos destaques foi a visita em campo da operação de plantio e irrigação realizada com a inédita plantadora semiautônoma de mudas de eucalipto. O equipamento apresentado planta e irriga três linhas por vez, de forma semiautônoma, em espaçamento de plantio de 3 m ou 3,5 m entre linhas. O deslocamento da plantadora é controlado por piloto automático, utilizando os dados georeferenciados gerados no preparo de solo. O posicionamento das mudas é registrado por um outro sistema de alta precisão que poderá ser adotado para as operações florestais subsequentes.


Plantadora florestal semiautônoma

Segundo o prof. Saulo Guerra (FCA/Unesp), líder científico do PCMAF, “este equipamento coloca o Brasil na vanguarda da mecanização da silvicultura de florestas plantadas no mundo e, consequentemente, atrairá novas tecnologias, equipamentos e sistemas para as operações florestais anteriores e posteriores ao plantio semiautônomo”. Ainda, afirma o prof. Saulo, “o desempenho operacional, a qualidade do plantio e da irrigação realizadas pela plantadora semiautônoma foram avaliados pelo PCMAF durante o 2º semestre de 2019, sendo que a qualidade da muda é um dos fatores determinante para aumento do rendimento e qualidade da operação”.

Exatamente por este motivo, a palestra de abertura da reunião foi proferida pelo prof. José Mauro Santana da Silva (UFSCar) que abordou o tema “Qualidade de Muda: Padrão e Fisiologia”. Neste quesito, Guilherme Oguri (IPEF), coordenador executivo do PCMAF, afirma que “o PCMAF inovou ao realizar o primeiro plantio de mudas produzidas no Sistema Inteligente Sustentável Berço Germinador Compostável – SiS BGC”.  O inventor deste sistema, Luiz Neto, apresentou os tubetes que são biodegradáveis após o plantio da muda no campo.


Tubete biodegradável

Posteriormente, o consultor de desenvolvimento operacional da Suzano, Rodrigo Braga de Almeida, mostrou alguns resultados prévios da avaliação da plantadora semiautônoma. Os participantes puderam conhecer também sobre o histórico de desenvolvimento na mecanização do plantio no Brasil, sob a perspectiva do coordenador de desenvolvimento operacional da Eldorado Brasil, Gilton Dornelas.

Assim, como em eventos anteriores, abriu-se um momento para a apresentação de novas soluções oferecidas por startups e, nesta edição, o engenheiro de visão computacional Gabriel Borges apresentou os produtos da Eirene Solutions, relacionado a visão computacional para aplicação de defensivos ou irrigação de mudas. Esta startup recebeu, recentemente, um aporte financeiro via CapTable, plataforma de investimentos da Startse.

O PCMAF agradece à Suzano SA por abrir as portas para os participantes, aos palestrantes pela difusão de informações e aos patrocinadores que apresentaram as inovações tecnológicas no evento: Bracke Forest, Komatsu Forest e Correia Neto (SiS BGC).


Participantes da 11ª Reunião de Filiadas do PCMAF

Publicado exclusivamente via eletrônica, o IPEF Express não possui periodicidade definida e visa agilizar a divulgação de notas e informações da Diretoria, Coordenadorias do IPEF, seus Programas Cooperativos e atividades correlatas.

Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
http://www.ipef.br
Copyright 2009 IPEF. Reprodução permitida desde que citada a fonte.