Scientia Forestalis, volume 41, n. 99
p.307-317, setembro de 2013

Sistema de reprodução em populações naturais de Peltophorum dubium

Mating system in natural populations of Peltophorum dubium

Edson Seizo Mori1
Alexandre Magno Sebbenn2
Evandro Vagner Tambarussi3
Raymond Paul Guries4

1UNESP – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” - Fazenda Lageado, CEP - 18603-970, Botucatu, SP. E-mail: esmori@fca.unesp.br.
2Instituto Florestal de São Paulo, Caixa Postal 1322, 01059-970, São Paulo, SP, E-mail: alexandresebbenn@yahoo.com.br
3USP - Universidade de São Paulo Escola / ESALQ - Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Av. Pádua Dias, 11, Caixa Postal 9, Piracicaba, SP, 13418-900, Brazil. E-mail: evtambarussi@yahoo.com.br
4University of Wisconsin-Madison, Department of Forest and Wildlife Ecology, Madison, Wisconsin 53706-1598; E-mail: rpguries@wisc.edu

Recebido em 07/01/2013 - Aceito para publicação em 14/05/2013

Resumo

Os modelos de reprodução mista e de cruzamentos correlacionados foram utilizados para a análise do sistema de reprodução em quatro populações naturais de Peltophorum dubium (Sprengel) Taubert do oeste do Estado de São Paulo. Foram avaliados por eletroforese de isoenzimas de 19 a 33 progênies de polinização aberta por população. A comparação das frequências alélicas do pólen e dos óvulos revelou diferenças significativas em pelo menos 50% dos locos em cada população, indicando fortes desvios de cruzamentos aleatórios, possivelmente devido a cruzamentos correlacionados, autofecundações e cruzamentos entre indivíduos aparentados. A comparação do índice de fixação estimado nas árvores maternas (m, variando de 0,009 a 0,285) e progênies (p, variando de 0,127 a 0,364) sugere a presença de seleção contra homozigotos entre a fase de plântulas e a fase adulta. A estimativa da taxa de cruzamento multiloco (tm) variou de 0,557 a 0,924, indicando que a espécie tem um sistema misto de reprodução. A diferença entre a taxa de cruzamento multiloco e uniloco (tm-ts) foi alta e significativa nas quatro populações, com valores variando de 0,092 a 0,111, indicando que ocorreram cruzamentos entre indivíduos aparentados, provavelmente devido a existência de estruturação genética espacial intra-populacional em cada população. O coeficiente médio de coancestria (Θ) dentro de progênies variou de 0,147 a 0,251, confirmando que as progênies são compostas de diferentes graus de parentescos. Os resultados são discutidos sob a ótica de melhoramento e conservação genética da espécie.
Keywords: Canafístula, coancestria, cruzamentos correlacionados, endogamia, isoenzimas, taxa de cruzamento.

Abstract

A Multi-locus mixed mating model and correlated mating model were used to analyze the mating system of four natural populations of Peltophorum dubium (Sprengel) Taubert from Western São Paulo State, Brazil. Open pollinated seeds were collected from 19 to 33 seed-trees per population and evaluated by allozyme electrophoresis analysis. Significant differences between pollen and ovule gene frequencies were detected in more than 50% of loci in each population, indicating deviations from random mating, probably due to correlated mating, self-fertilizations and mating among relatives. The comparison the fixation index estimated from seed trees
(m, ranged from 0.009 to 0.285) with their progenies (p, ranged from 0.127 to 0.364) suggested selection against inbreeding between offspring of adult stages. The estimates of multi-locus outcrossing rate (tm) ranged from 0.557 to 0.924, indicating that the species has a mixed-mating system. Differences between multi-locus and single-locus outcrossing rate (tm-ts) was positive and significantly different from zero for all populations, with values ranging from 0.092 to 0.111, suggesting mating among relatives within the populations, probably due to the presence of intra-population spatial genetic structure. The mean coefficient of co-ancestry Θ) within progenies ranged from 0.147 to 0.251; confirming that the progenies are compounded by mixtures of different kinds of relatedness. The results are discussed from the view of genetic improvement and conservation of the species.
Palavras-chave: Canafístula, co-ancestry, correlated mating, inbreeding, isozymes, outcrossing rate.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.