Scientia Forestalis, volume 42, n. 104
p.623-629, dezembro de 2014

Estimativas dos parâmetros genéticos para seleção de árvores de Eucalyptus

Estimates of genetic parameters for selection of trees in Eucalyptus

Cristiano Bueno de Moraes1
Thiago Fernandes Brizolla2
Lorena Gama Teixeira3
Léo Zimback4
Evandro Vagner Tambarussi5
Raul Chaves6
Mário Luiz Teixeira de Moraes7
Edson Seizo Mori8

1Doutor em Ciência Florestal. UNESP – Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho” / FCA - Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu -  Fazenda Experimental Lageado, Rua José Barbosa de Barros, 1780 - 18.610-307 - Botucatu, SP, Brasil. E-mail:  cb_moraes2004@yahoo.com.br.
2Mestre em Ciência Florestal - UNESP – Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho” / FCA - Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu -  Fazenda Experimental Lageado, Rua José Barbosa de Barros, 1780 - 18.610-307 - Botucatu, SP, Brasil.
3Graduanda de Engenharia Florestal. UFT - Universidade Federal de Tocantins, Campus de Gurupi. Rua Badejós, Lote 7, Chácaras 69/72, Zona Rural, 77402-970 - Gurupi - TO, Brasil. E-mail: lorena_gama93@hotmail.com
4Pesquisador Científico. IF Instituto Florestal de São Paulo. Floresta Estadual de Botucatu, Avenida José Ítalo Bacchi s/n, Aeroporto - 18603-970 - Botucatu, SP - Brasil.
5Professor Adjunto do Departamento de Biologia. UFSCar – Universidade Federal de São Carlos, Campus Sorocaba, Rod. João Leme dos Santos, Km 110 - 18052-780, Sorocaba, SP – Brasil. E-mail: tambarussi@gmail.com
6Engenheiro Florestal. Duratex- Agudos, SP - Brasil.
7Professor Titular. UNESP – Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho”  / FEIS - Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira. Ilha Solteira, SP - Brasil
8Professor Titular do Departamento de Melhoramento Vegetal. UNESP – Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho” / FCA - Faculdade de Ciências Agronômicas de Botucatu -  Fazenda Experimental Lageado, Rua José Barbosa de Barros, 1780 - 18.610-307 - Botucatu, SP, Brasil.

Recebido em 30/12/2013 - Aceito para publicação em 06/08/2014

Resumo

O gênero Eucalyptus é a folhosa mais plantada no Brasil e no mundo. A espécie Eucalyptus grandis uma das mais importantes comercialmente do gênero, está plantada na forma de clones e de seus híbridos interespecíficos. Espécies florestais possuem ciclos vegetativos longos prolongando o tempo das avaliações genéticas nos programas de seleção e melhoramento genético. Dessa forma, este estudo teve como objetivo analisar as correlações entre as idades juvenis (dois a três anos) e corte (seis a sete anos) da espécie E. grandis, para reduzir o tempo das gerações em programas de melhoramento genético, utilizando seleção precoce. Os experimentos foram implantados em duas regiões edafoclimáticas, a primeira no município de Angatuba-SP e a outra em Lençóis Paulista-SP. O delineamento estatístico foi o de tratamentos casualizados em blocos, com 10 repetições, seis plantas/parcela, com um total de 76 progênies. As características silviculturais avaliadas foram: diâmetro à altura do peito (DAP), altura da planta (ALT), além do volume de madeira (VOL). As avaliações foram realizadas durante quatro anos consecutivos (2, 3, 4 e 5 anos) em Lençóis Paulista (Local 2), sendo que em Angatuba (Local 1) foram realizadas avaliações anuais do segundo ao sexto ano. Os dados coletados foram analisados pelo programa estatístico SELEGEN. Os resultados indicaram que a seleção precoce para volume de madeira pode ser realizada aos dois anos, com uma correlação genética de 0,83 com a idade de corte aos seis anos, atingindo o valor de 0,93 na idade de três com seis anos. Estas altas correlações indicam que na metade do ciclo da cultura, quase toda seleção realizada é aproveitada para o final da rotação.
Palavras-chave: Melhoramento; correlação; seleção de árvores.

Abstract

Eucalyptus grandis is the most commonly cultivated species in commercial stands in Brazil and throughout the world. The species is planted as a cultivar, by seed, e also by clonal plantings of its interspecific hybrids. The study have as objective to analyze the correlations between juvenile and at the end of rotation, aiming to get support for procedures of early selection in forest tree breeding programs. The experiments were set up in two trials in two localities: Angatuba and Lençois Paulista, both in São Paulo State, Brazil. The experimental design was randomized blocks, with 10 replications, six plants per plot, 3 x 2 spacing and 76 progenies. The diameter at breast height, plant height, and wood volume were the studied traits. The evaluations were made through the consecutive years (2, 3, 4, and 5 of age) in Lençois Paulista (Locality 2), and in Angatuba (Locality 1) where annual evaluations from de second to the sixth years of age were done. The results have shown that early selection for wood volume can be done by the 2 years of age, with 0.83 of genetic correlation with the age of final rotation (6 years), and it reaches the value of 0.93, between 3 and 6 years of age, meaning that at half rotation, almost all the selection can be done for the final of rotation.
Keywords: improvement; correlation; plants selection.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.