Dados da Espécie

Especificações Gerais
Familia: Euphorbiaceae
Nome Científico: Joannesia princepsVell.
Nomes Comuns: boleira, andá, andá açu, andá guaçu, arapacú, arrebenta cavalo, bagona, boleiro, coco de bugre, coco de gentio, coco depurga, cotieira, cutieiro, dandss, fruta de arara, indaiaçu, indaguaçu, indaiuçu, purga de cavalo, purga de gentio, purga de paulista, purga dos paulistas, purga de cavalo.
Crescimento: árvore
Grupo Ecológico: oportunista
Ocorrência: floresta estacional semidecídual , floresta ombrófila densa , restinga
Distribuição Geográfica: BA ES MG
Dispersão: autocoria
Floração: JUL AGO SET
Frutificação: MAR ABR MAI

Utilização
Utilizada para: Celulose
Resina
Medicina
Fauna

Dados do Caule
Tipo de Copa: globosa
Densidade da Madeira: 0,48
Observações: Casca externa castanha clara, lisa, pouco rugosa, com numerosas lenticelas.

Dados da Flor
Cor: branca
Tipo: Inflorescencia
Sexual:
Observações: Numerosas, apétalas

Dados da Folha
Estrutura: digitada
Tipo: Composta
Forma da Folha: ovalada
Tamanho da Folha: 3 x 10
Consistência: foliácea
Contem:
Observações: Forma oval com pontas acuminadas, brilho intenso na face superior e pouco brilhante na inferior, cheiro e sabor indistintos, pecíolos e peciólulos longos, pulvino bem desenvolvido. Apresenta dois folíolos atrofiados na inserção pecíolo-peciólulo.

Dados do Fruto
Estrutura: Seco
Cor do Fruto: marrom
Tamanho: 7
Deiscencia: não
Periodicidade: anual
Observações: Apresenta pericarpo espesso e deiscente, com 3 a 4 lojas longitudinais onde se encontram 1 a 3 sementes (geralmente 2). A casca do fruto é usada como combustível.

Dados sobre Pragas e Doenças
Descrição da Doença: Pragas: lagartas de certas borboletas alimentam-se das folhas dessa espécie, com danos leves. Doenças: podridão basal causada por Sclerotim rolfisii na fase das mudas. Trata-se de lesões escuras que se desenvolvem a partir do coleto, no sentido ascendente da haste, as quais atingem no máximo cerca de 5 cm de comprimento. Estas lesões costumam levar as mudas á morte por anelamento.

Dados das Sementes
Forma da Semente: arilo
Cor da Semente: marrom
Quantidade: 2
Observações: Ovóide, oleaginosa, ás vezes comprimidas de um lado, com testa forte, dura, pesando geralmente 7g cada uma.

Técnicas em Viveiro
Beneficiamento: Recolher os frutos diretamente no chão, logo após sua queda. Após a coleta, os frutos são colocados para secar e, uma vez removidas as coberturas carnosas, a extração das sementes é feita manualmente com o auxílio de um martelo. As sementes de boleira têm um período de viabilidade pequeno em armazenamento, não ultrapassando 6 meses.
Sementes por Kilo: 205
Dormência: sim
Quebra da Dormência: Recomenda-se imersão em água ambiente por 48h ou tricadura da casca da semente.
Quebra Natural: 2 meses
Quebra Câmara: 6 meses
Germinação: 75 % após 48 dias
Propagação: enxertia
Condução: pleno sol
Formação: a 30 cm em 3 meses
Tolerância: sim, 4 semanas após a germinação
Plantio: A boleira apresente crescimento moderado a rápido. Em um ensaio envolvendo 11 espécies nativas em Linhares - ES, a boleira foi considerada a melhor espécie do ensaio, com crescimento em DAP e altura excelentes e índice de mortalidade inferior a 14% aos 183 meses. Quando adubada e no espaçamento 3 x 2 m, atingiu o máximo incremento médio anual em volume com cerca de 6 anos. Em espaçamentos largos (3 x 3 m) pode apresentar percentual alto de bifurcação.
Conservação: Muito ameaçada.

Bibliografia
ENGEL, V.L.; MORAIS, A.L. & POGGIANI, F. Guia de localização e reconhecimento das principais espécies arbóreas do Parque da Esalq. Relatório de Pesquisa. FEALQ. 1984.

LORENZI, H. Árvores brasileiras. Manual de Identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa. Ed. Plantarum. 1992. 352p.

CARVALHO, P.E.R. Espécies florestais brasileiras. Recomendações Silviculturais, potencialidades e uso da madeira. EMBRAPA-CNPF. Brasília. 1994. 640p.




Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.