Dados da Espécie

Especificações Gerais
Familia: Mimosaceae
Nome Científico: Parapiptadenia rigida (Benth.) Brenan
Nomes Comuns: gurucaia, angelim amarelo, angico, angico amarelo, angico branco, angico cambi, angico cedro, angico curtume, angico fava, angico ferro, angico preto, angico rosa angico roxo, angico sujo, angico verdadeiro, angico vermelho, angico da mata, angico de curtume, angico de banhado, angico de campo, angico do curtume, angico do mato, angico dos montes, brincos de sauí, cambuí, corocaia, curupaí, frango assado, gorocaia, gorucaia, guaiçara, guarucaia, monjoleiro, picará
Crescimento: árvore
Grupo Ecológico: oportunista
Ocorrência: floresta estacional semidecídual , floresta de araucária
Distribuição Geográfica: MG MS PR RJ RS SC SP
Dispersão: anemocoria
Polinização: melitofilia
Floração: JAN FEV MAR SET OUT NOV DEZ
Frutificação: MAR ABR MAI JUN JUL AGO SET

Utilização
Utilizada para: Construção
Carvão
Resina
Arborização Urbana
Medicina
Melífera
Paisagismo

Dados do Caule
Tipo de Copa: corimbiforme
Densidade da Madeira: 0,88
Observações: Casca interna dura, parda avermelhada, exuda goma quando ferida. Quando nova a casca apresenta uma goma amarelada, que pode substituir a goma arábica. Sua casca é rica em resina.

Dados da Flor
Tamanho da Flor: 0,35
Cor: amarela
Estrutura: espiga
Tipo: Inflorescencia
Observações: Numerosas, reunidas em espigas axilares, cilíndricas, com 4 a 10 cm de comprimento.

Dados da Folha
Estrutura: imparipinada
Tipo: Composta
Forma da Folha: oblonga
Tamanho da Folha: 8 x 15
Inserção: alterna
Consistência: foliácea
Contem: Glandulas
Observações: Nervura principal submarginal, pecíolo com 2 a 4 cm de comprimento, com glândula peciolar grossa, séssil, alongada e uma a duas glândulas menores, redondas, entre os pares apicais.

Dados do Fruto
Tipo do Fruto: vagem
Estrutura: Seco
Cor do Fruto: vermelha
Tamanho: 12
Deiscencia: sim
Periodicidade: anual
Observações: Se abre ao meio por uma fenda, membranáceo, coriáceo, apresentando a ponta prolongada em acúmem de 1cm de comprimento, estípete com 7 a 10 mm de comprimento.

Dados sobre Pragas e Doenças
Descrição da Doença: Pragas: caruncho (Merobruchus sp) Coleóptera Bruchidae infestando frutos e sementes. Os serradores cerambicídeos: Oncideres saga e Oncideres impluviata com danos leves. Oncideres gutturator, com danos de grau variável. Doenças: "damping-off", doença fúngica que ataca o colo da planta, levando-a á morte, na fase de viveiro. Quando em maciços quase puros, é muitas vezes atacada por fungos e brocas da raiz, o que provoca a morte em reboleiras, sobrando poucos exemplares ou exemplares ocos.

Dados das Sementes
Forma da Semente: asa
Cor da Semente: rosa
Tamanho: 11
Quantidade: 6
Observações: Lisa, brilhante, comprimida, plana, ovado orbicular, geralmente com um pequeno funículo aderente, circundada por estreita ala menbranácea que se rompe com facilidade, deixando transparecer o embrião.

Técnicas em Viveiro
Beneficiamento: Os frutos são colhidos quando iniciam a deiscência. A semente é facilmente extraída da vagem. Sua viabilidade em armazenamento é superior a 3 meses.
Sementes por Kilo: 41655
Dormência: não
Quebra Natural: 4 meses
Quebra Câmara: 8 meses
Umidade: 0 %
Germinação: 70 % após 30 dias
Condução: pleno sol
Formação: a 30 cm em 5 meses
Tolerância: sim, 2 semanas após a germinação
Plantio: O crescimento da gurucaia varia de lento a moderado. Em espaçamento 3 x 2 m a média da porcentagem de plantas vivas foi 50% . Em espaçamento 4 x 4 m a média da porcentagem de plantas vivas foi 47%.
Conservação: Não ameaçada.

Bibliografia
CARVALHO, P.E.R. Espécies florestais brasileiras. Recomendações Silviculturais, potencialidades e uso da madeira. EMBRAPA-CNPF. Brasília. 1994. 640p.

ENGEL, V.L.; MORAIS, A.L. & POGGIANI, F. Guia de localização e reconhecimento das principais espécies arbóreas do Parque da Esalq. Relatório de Pesquisa. FEALQ. 1984.

LORENZI, H. Árvores brasileiras. Manual de Identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa. Ed. Plantarum. 1992. 352p.

BARROSO, M.G. Sistemática de Angiospermas do Brasil. EDUSP. V.1, V.2, V3.




Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.