Dados da Espécie

Especificações Gerais
Familia: Mimosaceae
Nome Científico: Piptadenia gonoacantha(Mart.) Macbr.
Nomes Comuns: pau jacaré, angico, angico branco, camboeteiro, camoeteiro, caniveteiro, casco de jacaré, icarapé, jacaré, jacarezeiro, monjoleiro, monjolo, serreiro
Crescimento: árvore
Grupo Ecológico: pioneira
Ocorrência: floresta estacional semidecídual , floresta ombrófila densa
Distribuição Geográfica: BA ES MG MS PR RJ SC SP
Dispersão: anemocoria
Polinização: melitofilia
Floração: SET OUT NOV DEZ JAN FEV MAR
Frutificação: JUN JUL AGO SET OUT NOV DEZ

Utilização
Utilizada para: Construção
Carvão
Celulose
Arborização Urbana
Melífera
Paisagismo

Dados do Caule
Tipo de Copa: irregular
Tipo de Estrutura: acúleos
Densidade da Madeira: 0,75
Observações: Presença de acúleos em maior ou menor quantidade, de até 2 cm de comprimento.

Dados da Flor
Cor: amarela
Estrutura: espiga
Tipo: Inflorescencia
Sexual: espiga
Observações: As flores são pequenas, reunidas em inflorescências axilares, em espigas longas, solitárias ou em grupos de 2 ou 3, ou em racimos no ápice. A inflorescência mede até 9 cm de comprimento.

Dados da Folha
Estrutura: paripinada
Tipo: Composta
Forma da Folha: oblonga
Tamanho da Folha: 6 x 10
Inserção: alterna
Consistência: foliácea
Contem: Glandulas
Estipulas
Pilosidade
Observações: A nervação apresenta-se pouco nítida. Com cheiro e sabor indistintos. Glândulas ovais no início do pecíolo e na inserção do último par de pecíolos. Pulvino bem desenvolvido na folha e no folíolo.

Dados do Fruto
Tipo do Fruto: vagem
Estrutura: Seco
Cor do Fruto: vermelha
Tamanho: 12
Deiscencia: sim
Periodicidade: anual
Observações: O fruto é um legume muniliforme, coriáceo, seco, plano, com margem reta, com 1,7 a 2,5 cm de largura e com 4 a 10 sementes.

Dados sobre Pragas e Doenças
Descrição da Doença: Besouros da família Scolytidae. Acanthoscelides clitellariu (Coleoptera:Bruchidae), causando danos em sementes. Bruchus sp. (Coleoptera:Bruchidae), causando danos nas sementes. Chrysoprasis aurigena (Coleoptera:Cerambycidae), larvas em galhos secos.Temnopsis megacephala (Coleoptera:Cerambycidae),larvas em galhos secos. Doenças: exudação de goma, favorecendo o desenvolvimento do fungo "orelha-de-pau". Este fungo deforma a árvore, conforme o ataque se manisfeste apenas nos galhos ou desþa até o tronco.

Dados das Sementes
Cor da Semente: amarela
Tamanho: 0,9
Quantidade: 10
Observações: A semente é plana, lisa, ovalada, sem endosperma, não alada.

Técnicas em Viveiro
Beneficiamento: Os frutos devem ser colhidos quando mudam de coloração, devendo ser abertos em ambiente ventilado, onde são extraídas as sementes. As sementes mantém viabilidade curta.
Sementes por Kilo: 18000
Dormência: não
Quebra Natural: 6 meses
Quebra Câmara: 12 meses
Umidade: 0 %
Germinação: 75 % após 10 dias
Condução: pleno sol
Formação: a 30 cm em 4 meses
Tolerância: sim, 3 semanas após a germinação
Plantio: O pau jacaré apresenta crescimento rápido, atingindo até 25 m3/ha aos 8 anos de idade. Em espaçamento 4 x 4m a porcentagem de plantas vivas foi de 70,4%.
Conservação: Não ameaçada.

Bibliografia
CARVALHO, P.E.R. Espécies florestais brasileiras. Recomendações Silviculturais, potencialidades e uso da madeira. EMBRAPA-CNPF. Brasília. 1994. 640p.

ENGEL, V.L.; MORAIS, A.L. & POGGIANI, F. Guia de localização e reconhecimento das principais espécies arbóreas do Parque da Esalq. Relatório de Pesquisa. FEALQ. 1984.

LORENZI, H. Árvores brasileiras. Manual de Identificação e cultivo de plantas arbóreas nativas do Brasil. Nova Odessa. Ed. Plantarum. 1992. 352p.

BARROSO, M.G. Sistemática de Angiospermas do Brasil. EDUSP. V.1, V.2, V3.




Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.