Scientia Forestalis, volume 43, n. 105
p.51-61, março de 2015

Escala diagramática e reação diferencial de clones para Oídio do Eucalipto

Diagramatic scale and diferential reaction of clones for powdery mildew in Eucalyptus

Rodrigo Valeriano1
Edson Ampélio Pozza2
Leandro Alvarenga Santos3
Eugênio Chaves3
Mauro Peraro Barbosa Junior4
Maria Alves Ferreira2

1Mestrando em Fitopatologia. Pesquisa e Desenvolvimento de Produtos Químicos na DOW AGROSCIENCES. valeriano.agro@yahoo.com.br.
2Professor Doutor do Departamento de fitopatologia. Universidade Federal de Lavras. Campus UFLA - 37200-000 – Lavras, MG. E-mail: edsonpozza@gmail.com; mariaferreira@dfp.ufla.br.
3Doutorando em Fitopatologia.  Universidade Federal de Lavras. Campus UFLA - 37200-000 – Lavras, MG. E-mail: leandro.alvarenga.s@hotmail.com; eugenio_chaves@yahoo.com.br
4Mestrando em Fitopatologia, Universidade Federal de Lavras. Campus UFLA - 37200-000 – Lavras, MG. E-mail: mjrperaro@gmail.com

Recebido em 21/10/2013 - Aceito para publicação em 19/09/2014

Resumo

Várias doenças podem causar danos em mudas de eucalipto e muitas espécies têm sido atacadas por Oidium sp., em viveiros, casa-de-vegetação e no campo. Com o objetivo de avaliar a severidade de oídio em folhas de eucalipto, foi elaborada e validada uma escala diagramática com as seguintes notas e níveis de severidade: nota (1) - 0 % ; nota (2) - 0,1 a 1,5%; nota (3) - 1,6 a 3,0%; nota (4) -3,1 a 6,0%; nota (5) - 6,1 a 12,0%; nota (6) -12,1 a 25%; nota (7) - 25,1 a 50%. A escala foi utilizada para determinar a severidade do oídio em cinco clones de eucalipto e, por meio do uso desta, foi possível observar reação diferencial em mudas de clones. As menores incidência e severidade (retirar pois já foi citado) foram observadas no clone 1528, em casa de vegetação.O uso da escala melhorou a acurácia dos avaliadores e proporcionou boa repetibilidade e reprodutibilidade das avaliações da severidade da doença.
Palavras-chave: Mudas; Oidium eucalypti; Doenças.

Abstract

Several diseases can cause damage to seedlings of eucalyptus and many species have been attacked by Oidium sp., in nurseries, greenhouse and field. In order to assess the severity of powdery mildew on leaves of eucalyptus, a diagrammatic scale was developed and validated with the following grades and severity levels: note (1) - 0 % ; grade (2) - 0,1 to 1,5% ; grade (3) - 1,6 to 3,0% ; grade (4) - 3,1 to 6,0% ; grade (5) - 6,1 to 12,0% ; grade (6) - 12,1 to 25% ; grade (7) -25,1 to 50%. The use of the scale improved the accuracy of the evaluators and provided high repeatability and reproducibility of the assessments of the severity of this disease. The scale was used to determine the severity of powdery mildew in seedlings of five clones of eucalyptus. With this scale it was possible to describe the differences among clones to powdery mildew. Clone 1528 had the lowest incidence and severity of powdery mildew in the greenhouse.
Keywords: Oidium eucalypti; Powdery mildew; Nursery diseases.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.