Scientia Forestalis, volume 44, n. 110
p.405-414, junho de 2016
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n110.13

Efeito da relação siringil/guaiacil e de fenóis derivados da lignina nas características da madeira e do carvão vegetal de Eucalyptus spp

Effects of the syringyl/guaiacyl ratio and of lignin-derived phenols on the wood and charcoal characteristics in Eucalyptus spp

Ana Clara Caxito de Araújo1
Paulo Fernando Trugilho2
Alfredo Napoli3
Pedro Paulo de Carvalho Braga1
Rafaeli Valério de Lima4
Thiago de Paula Protásio1

1Doutorado em Ciência e Tecnologia da Madeira. UFLA - Universidade Federal de Lavras. - 37200000 - Lavras, MG, Brasil. E-mail: anacaxitoengflor@hotmail.com; pedropaulobraga22@yahoo.com.br; depaulaprotasio@gmail.com.
2Professor Titular do Departamento de Ciência Florestal. UFLA - Universidade Federal de Lavras. - 37200000 - Lavras, MG, Brasil. E-mail: trugilho@dcf.ufla.br.
3Pesquisador do CIRAD. Montpelier, França - E-mail: alfredo.napoli@cirad.fr.
4Mestre em Ciência e Tecnologia da Madeira. UFLA - Universidade Federal de Lavras. - 37200000 - Lavras, MG, Brasil. E-mail: rafaeli_valerio@hotmail.com.

Recebido em 25/06/2015 - Aceito para publicação em 30/11/2015

Resumo

Este estudo teve como objetivo determinar a relação existente entre os conteúdos dos fenóis siringaldeído (Sg) e vanilina (V), derivados de lignina, e a relação siringil/guaiacil com as características da madeira, do carvão vegetal bem como com a perda de massa durante a pirólise. O experimento foi conduzido com sete materiais genéticos de Eucalyptus, e os dados avaliados por meio da análise de correlação de Pearson. Observou-se correlações significativas do conteúdo de vanilina, siringaldeído e relação S/G com as características avaliadas na madeira, no carvão vegetal e com a perda de massa durante a pirólise. Tanto o conteúdo de vanilina como o de siringaldeído, apresentou correlação significativa com o rendimento gravimétrico da carbonização. A amostra com maior quantidade de vanilina apresentou menor perda de massa entre 315-390ºC (48,10%) ocasionando maior massa residual aos 450ºC (22,40%). A correlação observada entre o teor de vanilina e a perda de massa neste intervalo de temperatura evidencia o potencial das estruturas guaiacílicas da lignina para elevar o rendimento gravimétrico em carvão vegetal.
Palavras-chave: Guaiacil, Vanilina, Siringaldeído, Qualidade da madeira, Bioenergia.

Abstract

This study aimed to determine the relationship between the contents of phenols syringaldehyde (Sg) and vanillin (V), derived from lignin and syringyl / guaiacyl ratio (S/G) with the wood and charcoal characteristics, as well as the mass loss in the process of pyrolysis. The experiment was obtained with seven Eucalyptus taxa, and the data evaluated by Pearson correlation analysis. There were statistically significant correlations of the vanillin and syringaldehyde contents, and S / G ratio with the characteristics of the wood, charcoal and with the mass loss during pyrolysis process. Both the vanillin as the syringaldehyde contents showed a significant correlation with the gravimetric yield of carbonization. The sample with the highest amount of vanillin showed less weight loss between 315-390ºC (48.10%) resulting in higher residual mass at 450°C (22.40%). The correlation between the vanillin content and the weight loss at this temperature range shows the potential of guaiacyl lignin structures to elevate the gravimetric yield of charcoal.
Keywords: guaiacyl, vanillin, syringaldehyde, wood quality, Bioenergy.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.