Scientia Forestalis, volume 44, n. 112
p.937-945, dezembro de 2016
DOI: dx.doi.org/10.18671/scifor.v44n112.15

Pós-tratamento de efluente de indústria de papel e celulose empregando membranas de microfiltração e ultrafiltração combinadas com o processo foto-fenton

Post-treatment of effluent from the pulp and paper industry using microfiltration and ultrafiltration membranes combined with the photo-fenton process

Karen Sayuri Ito Sakurai1
Ludmila Carvalho Neves2
Jeanette Beber de Souza3
Carlos Magno de Sousa Vidal3
Kely Viviane de Souza3

1Mestranda em Hidráulica e Saneamento. USP – Universidade de São Paulo / EESC – Escola de Engenharia de São Carlos. Av. Trabalhador São Carlense, 400 – 13.566-590 – São Calos, SP, Brasil. E-mail: sayurisakurai_30@hotmail.com.
2Doutoranda em Ciências Florestais. UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste do Paraná. PR 153 KM 07 – 84.500-000 – Irati, PR, Brasil. E-mail: ludmilaneves@hotmail.com.
3Professor(a) Associado(a) do Departamento de Engenharia Ambiental. UNICENTRO - Universidade Estadual do Centro Oeste do Paraná. PR 153 KM 07 – 84.500-000 – Irati, PR, Brasil. E-mail: jeanettebeber@yahoo.com.br; cacavidal@yahoo.com.br; kelyvdesouza@gmail.com.

Recebido em 20/06/2015 - Aceito para publicação em 09/05/2016

Resumo

As indústrias de papel e celulose geram efluentes com elevado potencial poluidor, destacando-se a carga orgânica e a cor, que não são eficientemente removidas nos tratamentos biológicos convencionais. O presente trabalho teve como objetivo o pós-tratamento do efluente de uma indústria de papel e celulose utilizando membranas filtrantes de microfiltração e ultrafiltração conjugado ao processo oxidativo avançado do tipo foto-Fenton. Foram realizados ensaios de tratabilidade de efluente de uma indústria de papel e celulose em uma unidade piloto de membranas de microfiltração (MF) e ultrafiltração (UF) e, na sequência, o processo oxidativo avançado (POA) foto-Fenton. Analisou-se nesta pesquisa a remoção de turbidez, DQO e cor. Com os resultados obtidos verificou-se que a UF apresentou melhor eficiência na remoção de cor e DQO, e para os dois tratamentos empregados, a remoção de turbidez foi semelhante, alcançando mais de 99% de eficiência. Tanto a MF quanto a UF proporcionaram resultados muito promissores para a remoção dos parâmetros avaliados. O processo foto-Fenton se mostrou como ótima alternativa ao tratamento complementar dos permeados da MF e UF, alcançando no tratamento da MF+POA uma remoção de 99,04%, 95,97% e 96,43% para a turbidez, DQO e cor verdadeira respectivamente e de 99,90%, 82,58% e 99,49% para a UF+POA.
Palavras-chave: efluente de indústria de papel e celulose, microfiltração, ultrafiltração, processo de separação por membranas, processo oxidativo avançado, foto-Fenton.

Abstract

The pulp and paper industries generate waste-water with high polluting potential especially for the organic load and color, which are not efficiently removed in conventional biological treatments. The present work used at post-treatment of effluent from a pulp and paper industry using ultrafiltration and microfiltration membranes filters coupled with the advanced oxidative process named Photo Fenton. Treatability tests of effluent from a pulp and paper industry at a pilot plant of microfiltration (MF) and ultrafiltration (UF) membranes were made followed by the advanced oxidation process (AOP) Photo Fenton. The removal of turbidity, COD and color were determined. It was found that the UF removal efficiency was better for color and COD; the two treatments used to remove turbidity were similar, reaching over 99% efficiency. Both the MF as UF gave very promising results for the removal of the studied parameters. The PhotoFenton process proved to be a good alternative to the complementary treatment of MF and UF permeate; reaching the treatment of MF + POA with a removal of 99.04%, 95.97% and 96.43% for turbidity; COD and true color respectively; and 99.90%, 82.58% and 99.49% for UF + POA.
Keywords: effluent from pulp and paper industry, microfiltration, ultrafiltration, membrane separation process, advanced oxidation process, photo-Fenton.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.