Scientia Forestalis, volume 43, n. 105
p.235-242, março de 2015

Herdabilidade em caracteres de crescimento em populações fragmentadas de Copaifera langsdorffii Desf. (Fabaceae)

Heritability of Growth traits in fragmented popularions of Copaifera langsdorffii Desf. (Fabaceae)

Thaisa Yuriko Kuboyama Kubota1
Erica Cristina Bueno da Silva1
Mario Luiz Teixeira de Moraes2
Roberto Tarazi3
Alexandre Magno Sebbenn4

1Pós-graduandas em Agronomia da Faculdade de Engenharia. UNESP – Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho”. Caixa Postal: 31 - Ilha Solteira, 15385-000,  e-mail: thaisayuriko@yahoo.com.br; erica_cbs@yahoo.com.br.
2Professor Titular, Departamento de Fitotecnia, Tecnologia de Alimentos e Sócio Economia. – Universidade Estadual “Júlio de Mesquita Filho”. Caixa Postal: 31 - Ilha Solteira, 15385-000. E-mail: teixeira@agr.feis.unesp.br.
3USP - Universidade de São Paulo – ESALQ – Escola Superior de Agricultura “Luiz de Queiroz”. Av. Pádua Dias, 11 - Caixa Postal 9 – 13.418-900- Piracicaba – SP. E-mail: robertotarazi@gmail.com.
4Pesquisador Científico e Doutor. IF - Instituto Florestal de São Paulo.  Caixa Postal: 1322 - 01059-970, e-mail: alexandresebbenn@yahoo.com.br.

Recebido em 20/02/2014 - Aceito para publicação em 16/12/2014

Resumo

O objetivo desse estudo foi investigar o controle genético de caracteres de crescimento nas fases iniciais de desenvolvimento de populações fragmentadas de Copaifera langsdorffii Desf., utilizando marcadores microssatélites. Para tanto, foram utilizadas duas populações de C. langsdorffii, uma localizada no parque municipal em São José do Rio Preto (SJRP) e uma na Estação Ecológica de Assis (EEA), ambas no Estado de São Paulo, Brasil. O modelo para estimar o coeficiente de herdabilidade consiste no método de regressão de uma medida de similaridade fenotípica e uma estimativa de parentesco entre pares de indivíduos. Os coeficientes de parentesco e herdabilidade foram estimados para três classes de distância (10, 20 e 30 m) dentro das populações. As estimativas de herdabilidade foram baixas (máximo de 0,15) para todos os caracteres, variando entre valores positivos para os indivíduos regenerantes da população SJRP e entre negativos a positivos para os juvenis da população EEA. Em termos evolutivos, estes resultados indicam poucas chances de alterar a média populacional dos caracteres estudados pela seleção natural, sendo os efeitos ambientais aleatórios mais fortes para alterar esta média. Os resultados também sugerem que a herdabilidade para altura reduz do estagio de regenerantes para juvenis, ou seja, a seleção natural em populações naturais é mais forte em fases iniciais de desenvolvimento das plantas.
Palavras-chave: copaíba; parentesco; população natural; potencial evolutivo; variação genética.

Abstract

The aim of this study is to investigate the genetic control of growth traits in the initial phases of development in fragmented populations of Copaifera langsdorffii Desf., using microsatellite markers. For the effect two populations of C. langsdorffii were used: a municipal park located in São José do Rio Preto (SJRP) and at Assis Ecological Station (AES), both in the state of São Paulo, Brazil. The model to estimate the heritability coefficient is the method of regression of a measure of phenotypic similarity and an estimate of kinship between paired individuals. The coefficients of relatedness and heritability were estimated for three classes of distance (10, 20 and 30 m) within populations. Estimates of heritability were low (maximum 0.15) for all traits, ranging from positive values for regenerating individuals of the population SJRP and from negative to positive for the juvenile population AES. In evolutionary terms, these results indicate little chance of changing the population mean of the characters studied by natural selection; with strong random environmental effects changing this average. The results also suggest that the heritability for height to decrease between regenerating to juvenile stage and the natural selection in natural populations is stronger in the early stages of plant development.
Keywords: copaíba; evolutionary potential; genetic variation; natural population; relatedness.





Instituto de Pesquisas e Estudos Florestais
Via Comendador Pedro Morganti, 3500 - Bairro Monte Alegre
CEP: 13415-000 - Piracicaba, SP - Brasil
Reprodução permitida desde que citada a fonte.