Para aprimorar de forma rápida e eficiente o conhecimento sobre a cultura do Pinus, em termos de produção e sustentabilidade, constituiu-se em 2006 o Programa Cooperativo sobre Pesquisa do Pinus no Brasil (PPPIB) do IPEF, congregando esforços de diversas empresas florestais que atuam no manejo de florestas de Pinus.

Os projetos estabelecidos visam estudar os processos que controlam o crescimento do Pinus subtropical (Pinus taeda) e tropical (Pinus caribaea var. hondurensis), a nível de folha, árvore e povoamento, sob efeito de diferentes regimes hídricos, regimes nutricionais, sistemas de manejo (sem e com desbaste) e qualidade operacional (estratificação de plantio). No entanto, o PPPIB, também investiga as questões relativas às interações destas florestas com o meio-ambiente, no tocante à sustentabilidade da produção e sua associação com o uso e eficiência do uso dos recursos naturais, notadamente água e nutrientes. Todas estas questões foram estruturadas de forma a serem respondidas utilizando-se delineamentos experimentais e localizações apropriadas.

Relatório Anual de 2019